Vários peneireiros-vulgares fazem o primeiro voo em liberdade após ingressarem no RIAS enquanto crias

Têm sido muitas as crias de peneireiro-vulgar (Falco tinnunculus) que chegam ao RIAS após serem encontradas fora do ninho e/ou sem os progenitores por perto.

Durante as várias semanas em que estão no nosso hospital, são feitas monitorizações regulares para alimentar e analisar a sua evolução, e a partir do momento em que estão numa instalação exterior são feitos treinos de voo diariamente. É nesta fase que é fornecido alimento vivo para que possam iniciar a caça, essencial para a sua sobrevivência na natureza.




O processo de recuperação destes peneireiros terminou então com o primeiro voo em liberdade 💚














Comentários

Mensagens populares deste blogue

Por favor, não mantenha crias em casa!

7ª edição do Curso Prático: Introdução à Medicina de Fauna Selvagem

Gaivota ingressa no RIAS com miíase (infeção provocada por larvas de mosca)