Águia-pesqueira - espécie Criticamente em Perigo em Portugal - resgatada de redes de proteção de piscicultura

Esta águia-pesqueira (Pandion haliaetus) foi encontrada presa numa rede de proteção de piscicultura, e transportada rapidamente até ao RIAS pelos funcionários que a encontraram. Durante o exame físico foi possível observar claramente as consequências do tempo que esteve pendurada a debater-se - lesões na asa direita a nível dos tendões do cotovelo e a nível neurológico. Felizmente não havia lesões a nível circulatório que inviabilizasse a asa. 

Foram administrados fluídos sub-cutâneos e uma solução multivitamínica, e a ave foi colocada na sala de internamento até estabilizar. Uns dias mais tarde, transferimo-la para uma câmara de recuperação interior - onde há espaço para maiores movimentos - e continuou a ser vigiada de perto. 

A alimentação de águias-pesqueiras em recuperação é sempre um grande desafio, dado o método de captura de alimento em liberdade. No entanto, esta ave recebe de bom grado todos os peixes que lhe entregamos e já está numa instalação exterior


É nos momentos de alimentação que realiza a fisioterapia para
, aos poucos, recuperar a mobilidade normal. Após completar a muda de penas (que está a realizar neste momento) e conseguir voar na perfeição, poderá ser devolvida à Natureza.


Destacamos o facto de que esta é uma espécie com estatuto de conservação 'Criticamente em Perigo' no nosso país.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Por favor, não mantenha crias em casa!

Curso Prático: Introdução à Medicina de Fauna Selvagem - 5ª Edição

Curso Teorico-Prático de Necrópsia em Aves Selvagens