APADRINHAMENTO

A campanha de apadrinhamentos do RIAS - Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens visa a angariação de fundos para auxílio a todas as despesas associadas à recuperação e investigação de animais selvagens. O apadrinhamento de um animal selvagem em recuperação no RIAS consiste numa contribuição simbólica única, e que lhe dá a possibilidade de assistir à devolução à natureza do animal apadrinhado!

APADRINHAMENTO POR PARTICULARES

Ao apadrinhar um animal receberá um certificado de apadrinhamento e terá a possibilidade de assistir à devolução à natureza do animal, se tal for possível no final do processo de recuperação. O seu contato será inserido na lista de divulgação do RIAS para que possa receber informações e participar nas próximas atividades. Para particulares, dispomos das seguintes modalidades de apadrinhamento:

Digital (valor mínimo 15€);
Standard (valor mínimo 25€; inclui convite para visita guiada de 2 pessoas às instalações no Dia Aberto do RIAS);
Kit oferta (valor mínimo 35€; inclui saco de pano e autocolante do RIAS, e convite para visita guiada de 2 pessoas às instalações no Dia Aberto do RIAS).

Torne-se um membro ativo na recuperação de animais selvagens em Portugal!

APADRINHAMENTO POR EMPRESAS

Tendo noção da importância que a responsabilidade ambiental assume nos dias de hoje na gestão das empresas, e como isso influencia a opinião pública sobre as mesmas, o RIAS permite-lhe que participe em nome da sua empresa e colabore com a conservação da fauna selvagem. Para empresas, dispomos das seguintes modalidades de apadrinhamento:

> Apadrinhamento de um animal (valor mínimo de 300€, destinado a suportar diretamente todos os gastos associados à recuperação do animal apadrinhado);
Apadrinhamento de uma espécie (valor mínimo de 700€, destinado a apoiar os gastos inerentes à recuperação de vários animais de uma espécie, durante um ano);
Apadrinhamento de todas as crias: (valor mínimo de 1400€, destinado a apoiar a contratação de um tratador entre maio e agosto, quando ingressam dezenas de crias semanalmente no RIAS).

Faça da sua empresa um apoiante para a causa da conservação de fauna selvagem em Portugal, apadrinhe!

APADRINHAMENTO POR ESCOLAS

Pretende-se que o apadrinhamento tenha uma vertente pedagógica, funcionando como estímulo para um maior conhecimento da fauna selvagem. Que tipo de animal é, o que come, quais as suas adaptações ao meio natural, onde e como vive, e quais as suas principais ameaças, são algumas das perguntas que queremos que as escolas descubram, de forma didática e divertida! Ao apadrinhar um animal selvagem em recuperação no RIAS, cada turma receberá um certificado de apadrinhamento e, para além disso, poderá marcar uma visita ao espaço interpretativo do RIAS para perceber o funcionamento de um centro de recuperação de animais selvagens, ou agendar uma ação de educação ambiental na escola, onde os alunos poderão participar na devolução à natureza do animal apadrinhado.

O apadrinhamento escolar consiste numa contribuição de 1,50€/aluno (mínimo de 25€/turma), com a qual estarão a contribuir de forma decisiva para a melhoria das condições dos animais em recuperação no RIAS.

E se a tua turma fosse madrinha de um animal selvagem em recuperação no RIAS?


FORMAS DE PAGAMENTO


Transferência bancária para o IBAN PT50.0035.0555.00048770830.28 (Caixa Geral de Depósitos de Olhão), enviando comprovativo de transferência por correio eletrónico para rias.aldeia@gmail.com;
Cheque à ordem de "Associação ALDEIA" remetido para RIAS/ALDEIA, Apartado 1009, 8700-282 Olhão;
Numerário entregue presencialmente à equipa do RIAS, nas nossas instalações ou durante algum evento.


ANIMAIS EM RECUPERAÇÃO QUE AGUARDAM APADRINHAMENTO


AVES
MAMÍFEROS
RÉPTEIS
Gaivota-de-patas-amarelas
Gaivota-d'asa-escura
Guincho-comum
Grifo
Águia-cobreira
Peneireiro-vulgar
Mocho-galego
Pêga-rabuda
Ouriço-cacheiro
Cágado-mediterrânico
Cágado-de-carapaça-estriada

Contate-nos para mais informações!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O último mês da Catarina

Devolução à Natureza de dois cágados-mediterrânicos

Muitos animais ingressados, algumas aves libertadas