Corujas, rola, gaio, pêga e camaleão, a semana do RIAS foi cheia de devoluções à Natureza

Em Fevereiro, escuteiros da Vidigueira encontraram crias de coruja-do-mato (Strix aluco) com 1 dia de vida, que foram trazidas até nós pelos Vigilantes da Natureza do Vale do Guadiana. Em baixo pode relembrar a foto que publicámos aquando da chegada das corujas.

Após uma recuperação incrível, estas aves viajaram até Cuba para que pudessem ser devolvidas à Natureza pelo grupo de crianças que as encontrou.




Em dia de feriado nacional, deslocámo-nos até à Lura, um espaço de educação ambiental aliado a festas para crianças, perto de Estoi. Fomos surpreender a Inês, que recebeu o apadrinhamento de uma coruja-do-mato, e pôde então devolvê-la à Natureza.  


Na Terça-feira, estava pronta a voar em liberdade uma rola-turca (Streptopelia decaocto), uma pêga-rabuda (Pica pica) e um gaio-comum (Garrulus glandarius).   



Finalmente, este pequeno camaleão regressou ao seu habitat natural depois de uma curta estadia no nosso centro, onde pôde descansar e recuperar do ataque de um gato.




Comentários

Mensagens populares deste blogue

O que fazer se encontrar uma cria?

Dia Mundial do Pardal

Campanha de Apadrinhamento de Natal 2018