Dia Mundial do Pardal

Comemora-se hoje o Dia Mundial do Pardal

Em todo o mundo, existem dezenas de espécies de pardais classificados  como Pardais do Velho Mundo (Família Passeridae) e Pardais do Novo Mundo (Família Emberizidae). Destes, apenas 4 espécies podem ser observadas facilmente em Portugal: 

  • Pardal-comum (Passer domesticus)
  • Pardal-espanhol (Passer hispaniolensis
  • Pardal-francês (Petronia petronia)
  • Pardal-montês (Passer montanus

O mais conhecido por todos nós é o Pardal-comum ou Pardal-dos-telhados (Passer domesticus) por ser muito abundante em quase todos os continentes (não existe na Antárctida). 

São aves pequenas com cerca de 15 cm, penas acastanhadas (com diferenças entre os machos e as fêmeas) e cujo bico, curto e largo, é especializado em abrir sementes. Apesar disto, pode alimentar-se também de insetos durante a época de nidificação. 

Pardal-comum (Passer domesticus) - macho.


Pardal-comum (Passer domesticus) - fêmea

"Desde as últimas décadas do século XX, as populações de pardal-comum têm vindo a diminuir ano após ano, especialmente nas principais capitais europeias, como Berlim, Paris, Praga ou Londres.

Estima-se que nos últimos 30 anos, a Europa tenha perdido 60% dos seus pardais-comuns, segundo a SEO/Birdlife." - Wilder, 19 de março de 2019

No âmbito de proteger esta e outras espécies selvagens, Espanha lançou ontem a campanha "Aves de Barrio". Para saber mais siga este link

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O último mês da Catarina

Devolução à Natureza de dois cágados-mediterrânicos

O que fazer se encontrar uma cria?