2º Sábado Livre

No passado Sábado, dia 12, recebemos a ajuda de 10 participantes para libertar duas gaivotas-d'asa-escura ingressadas no RIAS por apresentarem sintomas de intoxicação alimentar. 
Após uma visita pelo nosso Centro de Interpretação Ambiental, foi explicado aos participantes que estes animais, tal como a maioria das gaivotas que aqui ingressam, chegaram desidratadas, com diarreia, e as patas paralisadas.


 Foram anilhadas para identificação, hidratadas, alimentadas e finalmente libertadas.




Fora da época de nidificação, em especial no Inverno e nos períodos migratórios, esta é a gaivota mais abundante em Portugal. 



Esperamos então que, quando chegar a Primavera, estes animais possam iniciar a sua viagem para norte.

Obrigada a todos os que participaram neste Sábado Livre.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O que fazer se encontrar uma cria?

Dia Mundial do Pardal

Campanha de Apadrinhamento de Natal 2018