O último mês da Catarina

O seu nome é Ana Catarina Sá Alves, mas prefere que a chamem apenas Catarina. É finalista do curso de Veterinária na Universidade de Évora e aguarda apenas data para defender a sua tese intitulada "Vírus da bursite infeciosa: desenvolvimento de testes serológicos e moleculares de diagnóstico". É natural de Vila Nova de Famalicão, mas mudou-se para o Algarve aquando da redacção da sua tese, de modo a conseguir conciliar duas das suas maiores paixões: o bodyboard e o surf, e os animais. 

Realizando as tarefas diárias do RIAS com agilidade e boa disposição.

Escolheu o RIAS - Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens para pôr em prática alguns dos conhecimentos adquiridos durante o curso e aprender a sua aplicação em animais selvagens. Porém, sempre que pode enfia as pranchas no carro e vai até à Costa Vicentina apanhar algumas das melhores ondas da Europa!

Apoiando o trabalho na clínica durante uma cirurgia.
É a nossa principal voluntária desde Maio, mas no final de Outubro ruma a Lisboa para iniciar-se no INIAV - Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária numa investigação aplicada que a conduzirá em Fevereiro até à Universidade de Utrecht, na Holanda. Obrigado Catarina pelo teu apoio fiel, excelente motivação (mesmo naquelas tarefas mais rotineiras), e desejamos-te o melhor sucesso futuro!


Comentários

ana disse…
ola dra encontrei um ouriço na rua e so pesa 117 gramas. estava muito activo e comeu bem no primeiro dia . no segundo dia colocou se ao sol. foi dormir a tarde e dei por ele esticado e inerte mas a respirar. o que fazer
RIAS disse…
Olá Ana, deve reencaminhar o animal até ao centro de recuperação de animais selvagens mais próximo. Se estiver no Algarve, pode trazê-lo até à Quinta de Marim, em Olhão ou deixar no posto da GNR, onde será recolhido.
Obrigada.

Mensagens populares deste blogue

O que fazer se encontrar uma cria?

Dia Mundial do Pardal

Campanha de Apadrinhamento de Natal 2018