Devolução à Natureza de uma lontra

Devolução à Natureza de um lontra (Lutra lutra)
19 de Abril de 2018

Foi devolvida à Natureza uma lontra recuperada no RIAS. Esta lontra ingressou no RIAS em Junho de 2017. O longo período de recuperação deve-se ao facto desta lontra ser uma cria órfã quando chegou ao nosso centro.   








Durante o período que passou no RIAS a lontra teve de aprender a caçar para, quando fosse devolvida à Natureza, ser totalmente independente. Para tal, nos últimos meses antes da sua devolução, foi-lhe disponibilizado alimento vivo para que pudesse caçar. Este foi um processo longo, tendo demorado quase um ano até ser devolvida à Natureza. O facto de no verão haver muito menos disponibilidade de alimento na Natureza, desta espécie ser bastante territorial e, por se tratar de uma fêmea, ser mais facilmente aceite num novo território durante a época de reprodução, foram os factores que determinaram a sua devolução à Natureza mais tardia. 




O RIAS agradece à Estação Piloto de Piscicultura em Olhão (EPPO - IPMA) pelo apoio prestado na recuperação desta lontra, nomeadamente no fornecimento de peixe para a sua alimentação.




Comentários

Mensagens populares deste blogue

O último mês da Catarina

Devolução à Natureza de dois cágados-mediterrânicos

Muitos animais ingressados, algumas aves libertadas