O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

sexta-feira, 23 de março de 2018

Foi observada a primeira gaivota marcada pelo RIAS com anilha colorida

Fotografia de Manuel Alegre (16/02/2018)

Esta gaivota-de-patas-amarelas deu entrada no RIAS no dia 25 de Agosto de 2010, bastante debilitada e ainda com plumagem de juvenil. Foi devolvida à Natureza no dia 30 de Dezembro de 2010 em Olhão, tendo sido a primeira gaivota marcada com anilha PVC do projecto de seguimento de gaivotas recuperadas pelo RIAS, que decorre desde então.

No passado dia 16 de Fevereiro de 2018, esta gaivota foi fotografada em Olhão pelo observador Manuel Alegre, 2605 dias após ter sido libertada!

No âmbito deste projecto já foram marcadas 1050 gaivotas, das quais mais de metade foram observadas após a libertação. Esta é a única forma de obtermos alguma informação sobre as aves que passaram pelo RIAS, pelo que apelamos a que nos enviem informações sempre que alguma destas aves for observada! 

Sem comentários: