O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Devoluções à Natureza 11 de Setembro 2017

Devolução à Natureza de 8 gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis) e 2 gaivotas-d'asa-escura (Larus fuscus)
Quinta de Marim - Olhão
11 de Setembro de 2017

No passado dia 11 de Setembro foram devolvidas à Natureza 10 gaivotas, 8 gaivotas-de-patas-amarelas e 2 gaivotas-d'asa-escura, na Quinta de Marim, Olhão, junto ao Moinho de Maré. Das 10 gaivotas libertadas, 5 ingressaram no RIAS com sintomas de doença, 3 foram encontradas após terem caído dos seus ninhos e 2 apresentavam traumatismos, uma na cabeça e outra uma fractura da clavícula. No caso das gaivotas com traumatismos, após o tratamento dos mesmos, foram feitas várias sessões de fisioterapia para desenvolver a musculatura das aves. As crias que foram encontradas caídas do ninho foram alimentadas com regularidade e adequadamente, foram feitos alguns treinos de voo e foram colocadas junto com outras gaivotas em recuperação para poderem aprender com animais mais experientes. As restantes gaivotas que apresentavam sintomas de doença foram tratadas com fluídoterapia e foram também alimentadas adequadamente. Após diversos treinos de voo, as gaivotas foram finalmente devolvidas à Natureza. 





Devolução à Natureza de uma rola-do-mar (Arenaria interpres)
Quinta de Marim - Olhão
11 de Setembro de 2017

Foi devolvida à Natureza uma rola-do-mar na Quinta de Marim, Olhão. Esta ave ingressou no RIAS muito débil e com sintomas de doença. Foi tratada com fluídoterapia e alimentada regular e adequadamente, durante um curto período de tempo, até a sua condição física melhorar. Foi depois transferida para uma instalação onde pôde começar a fazer algum treino de voo antes de ser devolvida à Natureza. 





Sem comentários: