O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Devoluções à Natureza de dia 27 de Julho de 2017

Devolução à Natureza de um peneireiro-vulgar (Falco tinnunculus)
Ria de Alvor - Portimão
27 de Julho de 2017



Um peneireiro-comum foi encontrado em Portimão, estando debilitado e desidratado pelo que foi necessário administrar fluídos. Como estava com o sistema imunitário muito fraco também desenvolveu um infecção fungica. Assim, o seu tratamento consistiu na administração de fungicida.
Quando recuperou foi colocado numa instalação exterior para treinar o voo e a caça.


Foi devolvido à natureza pela Dra. Isilda Gomes, Exma Sra Presidente da Câmara Municipal de Portimão.






Devolução à Natureza de uma cegonha-branca (Ciconia ciconia)
Ria de Alvor - Portimão
27 de Julho de 2017


Esta cegonha-branca foi encontrada após ter caído do ninho. Não tinha lesões, pelo que a sua passagem pelo RIAS consistiu em alimentação e treinos de voo.
Foi devolvida à natureza por quem a encontrou.







Devolução à Natureza de um abelharuco (Merops apiaster)
Quinta de Marim - Olhão
27 de Julho de 2017



Um abelharuco ingressou no RIAS quando era uma pequena cria. Ainda não tinha capacidade para voar, pelo que foi necessário alimentá-lo até que crescessem todas as penas necessárias ao voo.


Sem comentários: