O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 20 de junho de 2017

Devoluções à Natureza de dia 9 de Junho de 2017

Devolução à Natureza de um milhafre-preto (Milvus migrans) e um grifo (Gyps fulvus)
Alcaria Ruiva - Mértola
9 de Junho de 2017



O milhafre-preto ingressou no RIAS devido a electrocussão. Estava debilitado, tinha vários hematomas pelo corpo e apresentava uma grande ferida no peito. Foi tratado com antibiótico e anti-inflamatório. Relativamente à ferida no peito foi necessário limpar e desinfectar todos os dias nas primeiras semanas. As feridas de electrocussão são sempre queimaduras muito graves e profundas.

Ferida quando chegou


Ferida no final da recuperação

Ferida no momento da devolução à natureza

O grifo foi encontrado na zona de Beja com uma corda presa numa pata. Foi necessário limpar e desinfectar a ferida provocada pela corda e aplicar panos quentes na zona para activar a circulação. 



No final da recuperação foram ambos submetidos a treinos de voo. Foram devolvidos à natureza por vigilantes da natureza do ICNF.


Devolução à Natureza de um verdilhão (Chloris chloris)
Quinta de Marim - Olhão
9 de Junho de 2017


Este verdilhão colidiu contra uma janela tendo ficado atordoado. Quando foi entregue no RIAS já se encontrava bem e não tinha qualquer lesão. Assim foi prontamente devolvido à natureza por quem o encontrou.


video


Devolução à Natureza de um pardal-comum (Passer domesticus)
Quinta de Marim - Olhão
9 de Junho de 2017

Um pardal foi encontrado por um grupo de crianças numa escola em Olhão. Era uma pequena cria que caiu do ninho e foi necessário alimentá-lo até que desenvolvesse todas as penas necessárias ao voo.
Foi devolvido à natureza por quem o encontrou e ficou baptizado como "Pipoquinha".


Devolução à Natureza de dois ouriços-cacheiros (Erinaceus europaeus)
Quinta de Marim - Olhão
9 de Junho de 2017



Um destes ouriços foi encontrado quando era ainda uma pequena cria e o outro era um adulto que estava um pouco fraco. Em ambos os casos foi necessário fornecer alimentação adequada até terem uma boa condição corporal para serem devolvidos à natureza.




video

Sem comentários: