O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Devoluções à Natureza de dia 5 de Maio de 2017

Devolução à Natureza de um melro-preto (Turdus merula)
Quinta de Marim - Olhão
5 de Maio de 2017


Uma cria de melro-preto foi encontrada na zona de Montenegro após ter caído do ninho. A sua recuperação consistiu em alimentação adequada até que crescessem todas as penas necessárias ao voo. No final foi necessário treinar o voo.
Foi devolvido à natureza por voluntários do RIAS. 



Devolução à Natureza de um andorinhão-preto (Apus apus)
Quinta de Marim - Olhão
5 de Maio de 2017


Um andorinhão-preto foi encontrado em Faro por um particular que o encaminhou para o RIAS. Era um adulto e estava um pouco debilitado, mas não tinha lesões. A sua recuperação foi rápida e consistiu apenas em alguns dias de alimentação adequada.
Foi devolvido à natureza por uma voluntária do RIAS.




Devolução à Natureza de um cágado-mediterrânico (Mauremys leprosa)
Quinta de Marim - Olhão
5 de Maio de 2017


Um cágado-mediterrânico foi encontrado na berma de uma estrada e por estar em perigo foi recolhido e entregue no RIAS. Verificou-se que não tinha nenhuma lesão e foi prontamente devolvido à natureza por voluntárias do RIAS e visitantes da Quinta de Marim.



Sem comentários: