O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 4 de abril de 2017

Devoluções às Natureza de dia 30 de Março de 2017

Devolução à Natureza de 2 gaivotas-d'asa-escura (Larus fuscus) e 1 gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim - Olhão
30 de Março de 2017



Duas destas gaivotas foram encontradas bastante debilitadas. O seu tratamento consistiu em fluido-terapia nos primeiros dias e posterior alimentação assistida, até recuperarem forças.



A outra foi vítima de disparo que lhe provocou uma ferida na asa com hematoma. Embora não tivesse ossos fracturados, a lesão levou bastante tempo a sarar. Esta gaivota esteve em recuperação durante quase seis meses!

No final da recuperação foram colocadas numa instalação exterior para treinarem o voo.



Devolução à Natureza de um cágado-mediterrânico (Mauremys leprosa)
Quinta de Marim - Olhão
30 de Março de 2017



Uma cria de cágado-mediterrânico foi encontrada na beira de um caminho. Como estava em perigo de ser atropelado, quem o encontrou trouxe-o para o nosso centro. Após exame físico foi prontamente devolvido à natureza por voluntários do RIAS.


Sem comentários: