O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Devoluções à Natureza de dia 7 de Novembro de 2017

Devolução à Natureza de um pato-real (Anas platyrhynchos)
Quinta de Marim - Olhão
7 de Novembro de 2017





Este pato ingressou no RIAS bastante debilitado mas sem lesões aparentes. Durante o período que esteve em recuperação disponibilizou-se alimento adequado até a ave ganhar algum peso. Realizaram-se alguns treinos de voo e, quando houve garantias que estava em boa condição física, foi devolvida à Natureza. 





Devolução à Natureza de 27 gaivotas (Larus spp.)
Quinta de Marim - Olhão
7 de Novembro de 2017


No passado dia 7 de Novembro foram devolvidas à Natureza 27 gaivotas na Quinta de Marim. Estas eram gaivotas de duas espécies diferentes: gaivota-de-patas-amarelas e gaivota-d'asa-escura.


A grande maioria destas aves ingressou no RIAS com sintomas de doença, que foram tratados com recurso a fluido-terapia e alimentação adequada. Algumas destas gaivotas ingressaram também com traumas e outras por terem sido encontradas após caírem dos seus ninhos. Neste ultimo caso, estas crias tiveram de ser alimentadas com bastante frequência nos primeiros tempos até ganharem alguma independência e poderem ficar junto de outros indivíduos da mesma espécie. Após alguns treinos de voo, estas aves foram finalmente devolvidas à Natureza.






quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Campanha de Apadrinhamento de Natal 2017

Todos os anos o CERVAS (Gouveia) e o RIAS (Olhão) fazem uma campanha de Natal conjunta, que pretende ser um meio de angariação de fundos para a manutenção e gestão dos dois centros de recuperação de fauna selvagem, geridos pela Associação ALDEIA.


Ao oferecer um apadrinhamento estará a contribuir simbolicamente para o trabalho dos dois centros e quem o receber terá um presente original e solidário que proporciona a possibilidade de assistir à devolução à Natureza do animal apadrinhado (se tal for possível no final do processo de recuperação).

Torne-se num membro activo na dinamização da recuperação de animais selvagens em Portugal, ajude-nos! E ofereça neste Natal um presente original!


Animais para apadrinhar
Águia-de-asa-redonda (Buteo buteo) - RIAS/CERVAS
Buteo-vespeiro (Pernis apivorus) - CERVAS
Águia-calçada (Aquila pennata) - RIAS/CERVAS
Águia-cobreira (Circaetus gallicus) - CERVAS
Águia-pesqueira (Pantion haliaetus) - CERVAS
Milhafre-real (Milvus milvus) - RIAS/CERVAS
Milhafre-preto (Milvus migrans) - CERVAS
Tartaranhão-ruivo-dos-pauis (Circus aeruginosus) - CERVAS
Peneireiro-vulgar (Falco tinnunculus) - RIAS/CERVAS
Mocho-de-orelhas (Otus scops) - CERVAS
Mocho-galego (Athene noctua) - RIAS/CERVAS
Coruja-das-torres (Tyto alba) - RIAS/CERVAS
Coruja-do-mato (Strix aluco)- RIAS/CERVAS
Bufo-real (Bubo bubo) - RIAS/CERVAS
Gralha-preta (Corvus corone) - CERVAS
Gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis)- RIAS
Gaivota-de-asa-escura (Larus fuscus) - RIAS/CERVAS
Cágado-mediterrânico (Mauremys leprosa) - RIAS
Camaleão (Chamaeleo chamaeleon) - RIAS
Ouriço-cacheiro (Erinaceus europaeus) - RIAS

Existem 3 modalidades de apadrinhamento:

Apadrinhamento Digital - 15€
Inclui:
- Certificado de apadrinhamento em formato digital;
- Possibilidade de assistir à devolução à natureza do animal apadrinhado;
- Possibilidade de solicitar informações e fotografias do animal;
- Inserção do seu email na lista de divulgação do RIAS/CERVAS para que possa receber informações sobre as próximas actividades em que pode participar.

Apadrinhamento Standard - 25€
Inclui:
- Certificado de apadrinhamento impresso;
- Boletim informativo sobre a espécie apadrinhada;
- Possibilidade de assistir à devolução à natureza do animal apadrinhado;
- Possibilidade de solicitar informações e fotografias do animal;
- Possibilidade de visitar o RIAS/CERVAS  (datas condicionadas ao trabalho do centro e nº máximo de 4 visitantes por apadrinhamento);
- Inserção do seu email na lista de divulgação do RIAS/CERVAS para que possa receber informações sobre as próximas actividades em que pode participar.

Apadrinhamento Kit Oferta - 35€
Inclui:
- Certificado de apadrinhamento impresso;
- Boletim informativo sobre a espécie apadrinhada;
- Possibilidade de assistir à devolução à natureza do animal apadrinhado;
- Possibilidade de solicitar informações e fotografias do animal;
- Possibilidade de visitar o RIAS/CERVAS  (datas condicionadas ao trabalho do centro e nº máximo de 4 visitantes por apadrinhamento);
- 2 Brindes do RIAS/CERVAS;
- Inserção do seu email na lista de divulgação do RIAS/CERVAS para que possa receber informações sobre as próximas actividades em que pode participar.

Descarregue a ficha de apadrinhamento AQUI!

Colabore com o CERVAS e com o RIAS participando nesta campanha ou contribuindo para a sua divulgação, encaminhando esta informação!

Contactos:
E-mail: rias.aldeia@gmail.com
Tel: 927659313
Morada: RIAS / ALDEIA
Apartado 1009
8700-282 Olhão

Modo de pagamento:
TRANSFERÊNCIA*: IBAN: PT50 003505550004877083028 (Caixa Geral de Depósitos de Olhão, em nome de Acção, Liberdade, Desenvolvimento, Educação, Investigação, Ambiente)

* Enviar comprovativo de transferência por correio para a morada acima indicada, ou por correio electrónico para rias.aldeia@gmail.com


3ª Edição do Curso Prático: Introdução à Medicina de Fauna Selvagem


A 3ª edição do Curso Prático: Introdução à Medicina de Fauna Selvagem, teve lugar nos dias 3, 4 e 5 de Novembro e, mais uma vez, a actividade esgotou com 30 participantes. 

No primeiro dia do curso foi feita uma apresentação sobre o funcionamento de um centro de recuperação de animais selvagens. Foi também feita uma palestra sobre a identificação dos mamíferos, répteis e aves que mais comummente ingressam no RIAS.


No segundo dia, após uma manhã dedicada, mais uma vez, à identificação de fauna silvestre, iniciou-se a abordagem às temáticas ligadas à parte veterinária: recepção e diagnóstico inicial dos animais. Foram realizadas duas palestras, com componente prática, sobre primeiros-socorros e recuperação de animais marinhos.


No último dia do curso, após uma primeira parte dedicada às diferentes causas de admissão e à medicina legal em fauna selvagem, os participantes visitaram também as instalações do RIAS.







Devolução à Natureza de um águia-calçada (Aquila pennata)
Quinta de Marim - Olhão
5 de Novembro de 2017



Uma águia-calçada foi devolvida à Natureza no dia 5 de Novembro na Quinta de Marim, Olhão. Esta águia ingressou no RIAS com uma fractura antiga no cúbito direito e com uma infecção de Trichomonas. Após todas as lesões terem sido tratadas, e depois de terem sido executados treinos de voo e de caça com sucesso, a águia-calçada foi devolvida à Natureza. Este momento contou com a presença dos participantes da 3ª edição do Curso Prático: Introdução à Medicina de Fauna Selvagem.



Devolução à Natureza de uma coruja-do-mato

Devolução à Natureza de uma coruja-do-mato (Strix aluco)
LURA - Conceição de Faro
1 de Novembro de 2017



Foi devolvida à Natureza uma coruja-do-mato no passado dia 1 de Novembro. Esta ave ingressou no RIAS com sintomas de trauma, apresentando uma lesão num dos olhos. Como a visão é extremamente importante para as rapinas nocturnas, foi necessário fazer um tratamento oftalmológico mais intensivo. Assim que a coruja recuperou destas lesões, iniciaram-se os treinos de caça e voo. A ave foi devolvida à Natureza, pelo seu padrinho, na sua festa de aniversário na LURA- Aprender Naturalmente, parceira do RIAS.





Festa de Halloween na EB 1 da Mesquita


No passado dia 31 de Outubro o RIAS deslocou-se até à EB 1 da Mesquita, em São Brás de Alportel, para participar nas celebrações de Halloween organizadas por esta escola. Além da devolução à Natureza de uma coruja-das-torres recuperada no nosso centro, foi feita uma pequena palestra sobre o funcionamento do RIAS e a biologia desta espécie de rapina nocturna.





Devolução à Natureza de uma coruja-das-torres (Tyto alba)
EB 1 da Mesquita - São Brás de Alportel
31 de Outubro de 2017




Esta ave ingressou no RIAS com sintomas de envenenamento. Este é um caso comum, pois as rapinas nocturnas alimentam-se de pequenos mamíferos que, por sua vez, podem ingerir venenos que são colocados em jardins e casas nas redondezas. Após um longo período de recuperação, e depois de se ter garantias de que a ave estava a caçar e a voar em condições, foi finalmente devolvida à Natureza.


terça-feira, 7 de novembro de 2017

Devolução à Natureza de um guincho-comum e uma gaivota-de-cabeça-preta

Devolução à Natureza de um guincho-comum (Chroicocephalus 
ridibundus) e uma gaivota-de-cabeça-preta (Larus melanocephala)
Quinta de Marim - Olhão
30 de Outubro de 2017



Foram devolvidos à Natureza um guincho-comum e uma gaivota-de-cabeça-preta no passado dia 30 de Outubro, na Quinta de Marim em Olhão. Ambas as gaivotas apresentavam sintomas de doença aquando do seu ingresso no RIAS. Após serem tratadas com recurso a fluido-terapia e alimentação adequada, foram submetidas a treinos de voo.
Foram devolvidas à Natureza por uma turma que visitava a Quinta de Marim. 




quinta-feira, 2 de novembro de 2017

2ª Edição do Curso Prático: Introdução à Medicina de Fauna Selvagem


Nos passados dias 27, 28 e 29 de Outubro, o RIAS realizou a 2ª Edição do Curso Prático: Introdução à Medicina de Fauna Selvagem, que contou com mais de 30 participantes.


O primeiro dia foi mais teórico e foi dedicado às noções básicas sobre um centro de recuperação e à identificação de espécies de répteis e mamíferos mais comuns em centros de recuperação.


No segundo dia prosseguiu-se com a identificação, mas desta vez de espécies de aves, e ainda técnicas de captura, manipulação e contenção de animais selvagens. 


Na tarde do segundo dia, começou-se com as temáticas mais ligadas à parte veterinária: recepção e diagnóstico inicial dos animais. E houve ainda uma palestra sobre primeiros socorros a animais marinhos. Para cada módulo foi realizada uma parte prática.


O último dia foi dedicado às diferentes causas de admissão e à medicina legal em fauna selvagem.
Os participantes visitaram também as instalações do RIAS.





Apoio: JF Quelfes



Devoluções à Natureza de dia 26 de Outubro de 2017

Devolução à Natureza de uma gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis), um torcicolo (Jynx torquilla) e uma rola-turca (Streptopelia decaocto)
Hotel EPIC SANA - Albufeira
26 de Outubro de 2017



No passado dia 26 de Outubro foram devolvidos à Natureza uma gaivota-de-patas-amarelas, duas rolas-turcas e um torcicolo, no Hotel EPIC SANA, em Albufeira. 

A gaivota foi encontrada neste hotel e apresentava uma fractura na asa. Ambas as rolas ingressaram no RIAS, apresentando um quadro de debilidade. 


O torcicolo foi encontrado com um pequeno traumatismo na asa quando chegou ao nosso centro. 
Depois de um período em que todas as aves foram alimentadas adequadamente e em que fizeram treinos de voo regulares, foram finalmente devolvidas à Natureza, na presença de alguns hóspedes deste hotel. 













Devolução à Natureza de uma coruja-do-mato (Strix aluco)
Hotel  Vila Vita Parc - Porches
26 de Outubro de 2017



Um coruja-do-mato foi devolvida à Natureza, no Hotel Vila Vita Parc, Porches, no passado dia 26 de Outubro. Esta ave ingressou no RIAS depois de ter sido encontrada bastante debilitada. 
O processo de recuperação de uma ave neste estado passa principalmente pela disponibilização de alimentação adequada, bem como a realização de treinos de voo e de caça. Após um longo período de recuperação, esta coruja-do-mato foi devolvida à Natureza, na companhia dos hóspedes desta unidade hoteleira.