O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Campanha de recolha de material médico e medicamentos

No âmbito da nossa campanha de recolha de materiais médicos e medicamentos, temos recebido alguns bens angariados tanto por particulares como por entidades, como por exemplo a equipa SEPNA da GNR de Faro. Um grande bem haja pela vossa ajuda!! 


Esta campanha continua a decorrer e nesse sentido pedimos a colaboração de toda a gente! Estes materiais e equipamentos são essenciais para colmatar carências e garantir o melhor funcionamento do centro, tendo como objectivo melhorar os cuidados prestados aos animais ingressados. 

 

Alguns dos materiais e medicamentos que usamos com mais frequência são:
- antibióticos, anti-parasitários e anti-inflamatórios;
- luvas de látex, ligaduras, compressas e seringas.

Relativamente a equipamento médico e cirúrgico, o nosso está velho e não funciona correctamente. Assim, apelamos a clínicas que tenham algum deste equipamento que não estejam a utilizar que nos possam ceder, por exemplo monitores de anestesia.


Se tiver algum destes materiais entre em contacto connosco para rias.aldeia@gmail.com ou 927659313. 

Pode sempre ajudar-nos com a divulgação desta campanha.

Obrigado!

Colocação de caixas-ninho para aves insectívoras em Tavira


No dia 17 de Fevereiro o RIAS realizou duas actividades de sensibilização ambiental com crianças da escola básica da Horta do Carmo e da escola básica nº1 de Cabanas, ambas em Tavira.




Nesta actividade os alunos ficaram a conhecer a importância das aves insectívoras e quais os benefícios da sua conservação. Para promover a nidificação destas aves nos jardins das escolas foram colocadas caixas-ninho, previamente decoradas pelos alunos.




Estas actividades foram organizadas em parceria com a Câmara Municipal de Tavira, no âmbito de um projecto de educação ambiental conjunto a decorrer durante este ano. 
O RIAS agradece mais uma vez o interesse e o fantástico apoio da Câmara Municipal de Tavira!


"Vamos salvar os nossos cágados!" no Centro de Ciência Viva do Algarve


Nos dias 12 e 16 de Fevereiro, a convite do Centro de Ciência Viva do Algarve, em Faro, o RIAS dinamizou quatro sessões de sensibilização ambiental com o tema "Vamos salvar os nossos cágados". 



Os alunos de 4 turmas do 5º ano da escola EB 2, 3 Poeta Bernardo Passos de São Brás de Alportel ficaram a conhecer as espécies de cágados que existem em Portugal, bem como as suas ameaças e de que forma podem contribuir para a sua conservação.



O RIAS agradece mais uma vez o convite do Centro de Ciência Viva do Algarve para a realização destas actividades.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Devolução à Natureza de duas gaivotas-de-patas-amarelas e uma gaivota-d'asa-escura

Devolução à Natureza de 3 gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis) e 3 gaivota-d'asa-escura (Larus fuscus)
Quinta de Marim - Olhão
10 de Fevereiro de 2016


Locais de origem - Portimão, Olhão, Vilamoura e Ferragudo
Causa de ingresso - Doença
Sintomas - Paralisia, debilidade, diarreia
Tempo de recuperação - Aproximadamente um mês 
Curiosidade - A uma destas gaivotas foi necessário realizar uma cirurgia para enucleação do globo ocular. 






video


terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Devolução à Natureza de seis gaivotas-d'asa-escura

Devolução à Natureza de seis gaivotas-d'asa-escura (Larus fuscus)
Quinta de Marim - Olhão
9 de Fevereiro de 2016



Locais de origem - Portimão, Olhão, Vilamoura e Ferragudo
Causa de ingresso - Doença
Sintomas - Paralisia, debilidade, diarreia
Tempo de recuperação - Aproximadamente um mês






video

Voluntariado dos escoteiros do Grupo 256 de Fuseta



No passado dia 6 de Fevereiro os escoteiros do Grupo 256 da Fuseta participaram numa acção de voluntariado no RIAS.
Cerca de 20 escoteiros, entre os 6 e os 14 anos, colaboram na limpeza de vegetação na área circundante ao centro. Esta acção foi essencial para que as árvores plantadas no ano passado possam crescer e formar uma vedação natural, dando mais privacidade, segurança e sossego aos animais em recuperação.

No final da actividade foram convidados a devolver à natureza várias gaivotas recuperadas no RIAS.




Os escoteiros contribuíram também com o donativo de materiais de limpeza, rações e papel para o nosso centro.



Muito obrigado!



Devolução à Natureza de 2 gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis) e 4 gaivotas-d'asa-escura (Larus fuscus)
Quinta de Marim - Olhão
7 de Fevereiro de 2016


Locais de origem - Portimão, Faro, Albufeira e Ilha da Armona
Causa de ingresso - Doença
Sintomas - Paralisia, debilidade, diarreia
Tempo de recuperação - Aproximadamente um mês





video


sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Devolução à Natureza de 5 gaivotas-d'asa-escura e 3 gaivotas-de-patas-amarelas

Devolução à Natureza de 5 gaivotas-d'asa-escura (Larus fuscus) e 3 gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim - Olhão
4 de Fevereiro de 2016



Locais de origem - Portimão, Tavira, Olhão, Loulé e Ilha da Armona
Causa de ingresso - Doença
Sintomas - Paralisia, debilidade, diarreia
Tempo de recuperação - Aproximadamente um mês









video

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Educação Ambiental em Tavira - Comemoração do Dia Mundial das Zonas Húmidas

No passado dia 3 de Fevereiro o RIAS deslocou-se às escolas EB Horta do Carmo e EB de Cabanas para fazer uma apresentação sobre as Aves Limícolas e Aquáticas. Estas actividades foram realizadas em parceria com a Câmara Municipal de Tavira com o objectivo de assinalar o Dia Mundial das Zonas Húmidas. 
Quatro turmas, cerca de 80 alunos, do 1º ciclo puderam aprender um pouco mais sobres a avifauna que habita as zonas húmidas. 



No final da apresentação foi realizado um pequeno quiz para verificar os conhecimentos adquiridos.





Com o apoio da Câmara Municipal de Tavira:


Comemorações do Dia Mundial das Zonas Húmidas no Parque Natural da Ria Formosa


No passado dia 2 de Fevereiro celebrou-se o Dia Mundial das Zonas Húmidas. Neste âmbito o RIAS foi convidado a marcar presença na sede do Parque Natural da Ria Formosa para comemorar este dia. A tarde iniciou-se com a inauguração da exposição "Plantas Ameadas de Portugal" à qual se seguiu a assinatura da Carta de Compromisso para o projecto "Semana da Ria Formosa". O RIAS agradece o convite para fazer parte deste projecto que conta com a participação de várias entidades públicas, privadas e instituições sociais que directa ou indirectamente trabalham em prol da Ria Formosa.