O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Devolução à Natureza de uma águia-pesqueira

Devolução à Natureza de uma águia-pesqueira (Pandion haliaetus)
Ria de Alvor - Portimão
18 de Dezembro de 2016

 
Esta águia-pesqueira foi encontrada no dia 30 de Novembro, presa nas redes de protecção dos tanques de uma piscicultura na Ria de Alvor. Os técnicos da piscicultura entregaram-na na Associação A Rocha Portugal, que por sua vez a encaminharam para o RIAS através dos Vigilantes da Natureza do Parque Natural da Ria Formosa.


Quando ingressou no RIAS apresentava ferimentos superficiais e hematomas na asa esquerda. O seu tratamento consistiu na administração de anti-inflamatórios e aplicação de aloé vera nas feridas. No final da recuperação foi submetida a treinos de voo nas instalações exteriores de forma a recuperar a total mobilidade da asa.

Foi devolvida à natureza perto do local onde foi encontrada, na presença de membros da Associação A Rocha e alguns entusiastas da observação e protecção das aves. O jovem Tiago Guerreiro, um dos observadores de aves mais jovens do Algarve, teve o privilégio de a devolver à natureza.





Sem comentários: