O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Devolução à Natureza de um ouriço-cacheiro e de uma coruja-das-torres

Devolução à Natureza de um ouriço-cacheiro (Erinaceus europaeus) e de uma coruja-das-torres (Tyto alba)
Quinta de Marim - Olhão
26 de Novembro de 2016



Uma coruja-das-torres e um ouriço-cacheiro ingressaram no RIAS quando eram juvenis. Nenhum apresentava lesões, sendo que a coruja terá caído do ninho ao tentar o primeiro voo e o ouriço terá ficado órfão.
A sua passagem pelo RIAS consistiu essencialmente em alimentação adequada. O ouriço foi alimentado até atingir uma boa condição corporal para aguentar o Inverno e a coruja até ter as penas de voo desenvolvidas, altura em que começou a treinar a caça.


 
Este dois animais foram apadrinhados por dois irmãos que os devolveram à natureza e que os baptizaram de  "Patinhas" (ouriço) e "Super B" (coruja). 



Quer oferecer aos mais pequenos uma prenda original e solidária?
Ofereça um apadrinhamento de uma animal selvagem em recuperação no RIAS ou no CERVAS e para além de contribuir para a conservação da natureza dê aos mais pequenos uma experiência inesquecível. 
Mais informações em Campanha de Apadrinhamentos de Natal.

video



Sem comentários: