O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Devoluções à Natureza de dia 23 de Julho de 2016

Devolução à Natureza de uma andorinha-dos-beirais (Delichon urbicum)
Quinta de Marim - Olhão
23 de Julho de 2016



Uma andorinha-dos-beirais foi encontrada após ter caído do ninho e um particular encaminhou-a para o RIAS. A sua passagem pelo nosso centro foi bastante rápida sendo que ao fim de pouco mais de uma semana, já tinha as penas necessárias ao voo. Durante os dias que esteve connosco foi necessário alimentá-la de duas em duas horas e desparasitar.

Foi devolvida à Natureza pela família que a tinha encontrado.




video


Devolução à Natureza de uma cobra-de-pernas-pentadáctila (Chalcides bedriagai)
Quinta de Marim - Olhão
23 de Julho de 2016



Esta cobra-de-pernas-pentadáctila foi encontrada num armazém dentro de uma caixa de cartão. Quem a encontrou trouxe-a para o RIAS, pois não sabia de que espécie se tratava e desconhecia que existisse em Portugal, mas esta espécie "estranha" é mesmo natural da nossa fauna (mais informações no Blog Répteis e Anfíbios de Portugal AQUI).


Como estava tudo bem e se tratava de uma fêmea prenha foi prontamente devolvida à natureza.




Devolução à Natureza de um camaleão-comum (Chamaeleo chamaeleon)
Quinta de Marim - Olhão
23 de Julho de 2016



Uma camaleão-comum foi encontrado por uma técnica do RIAS, em Olhão. O animal estava a atravessar a estrada numa zona residencial pelo que foi recolhido, realizou-se o exame físico para certificar que estava tudo bem e foi imediatamente devolvido à natureza num local mais adequado.


Sem comentários: