O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 24 de maio de 2016

Devoluções à Natureza de dia 16 de Maio de 2016

Devolução à Natureza de duas andorinhas-dos-beirais (Delichon urbicum)
Quinta de Marim - Olhão
16 de Maio de 2016



Duas andorinhas-dos-beirais caíram do ninho e foram encaminhadas para o RIAS. Eram ainda muito jovens para conseguirem voar e foi necessário alimentá-las até que crescessem todas as penas necessárias ao voo. Foram devolvidas à natureza por quem as encontrou.




Devolução à Natureza de um cágado-mediterrânico (Mauremys leprosa)
Quinta de Marim - Olhão
16 de Maio de 2016



Um cágado-mediterrânico foi encontrado num local pouco apropriado pelo que foi encaminhado para o RIAS. Como não tinha lesões foi imediatamente devolvido à natureza.



Devolução à Natureza de um verdilhão (Chloris chloris)
Quinta de Marim - Olhão
16 de Maio de 2016




Um verdilhão foi encontrado quando ainda era uma pequena cria. Como ainda não conseguia voar foi necessário alimentá-lo até que o conseguisse fazer. Por fim, foi submetido a treinos de voo. A sua libertação foi gradual procedendo-se à abertura da jaula para que saísse apenas quando se sentisse confortável e nos primeiros dias foi deixada água e comida. 


Sem comentários: