O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Devolução à Natureza de dois camaleões-comuns

Devolução à Natureza de dois camaleões-comuns (Chamaeleo chamaeleon)
Quinta de Marim - Olhão
28 de Agosto de 2015


Estes dois camaleões foram recolhidos num quintal próximo da Quinta de Marim, em Olhão, pois corriam o risco de serem atacados por cães e gatos. Uma vez que não apresentavam lesões foram de imediato devolvidos à natureza por estagiários do RIAS.


Devolução à Natureza de duas corujas-das-torres

Devolução à Natureza de duas corujas-das-torres (Tyto alba)
Quinta de Marim - Olhão
27 de Agosto de 2015




Estas duas corujas foram entregues no RIAS no dia 17 de Junho após terem caído do ninho. O seu processo de recuperação consistiu em alimentação adequada até ao completo crescimento das penas e posteriormente treinos de voo e caça. 




Uma delas foi libertada pela sua madrinha, que apoiou o trabalho do RIAS oferecendo-nos uma máquina fotográfica. Muito obrigada Ruth pelo seu apoio!


A outra coruja foi devolvida à natureza por uma estagiária do RIAS a quem aproveitamos também para agradecer toda a ajuda!



quinta-feira, 27 de agosto de 2015

RIAS participa na Semana da Fotografia organizada pela ALFA

No passado domingo, dia 23 de Agosto, o RIAS recebeu a visita dos participantes da Semana da Fotografia organizada pela Associação Livre de Fotógrafos do Algarve em parceria com a Associação 1/4 Escuro e NAFA.


Os cerca de 40 participantes puderam conhecer o trabalho do RIAS e devolver à Natureza duas gaivotas recuperadas no nosso centro.

Devolução à Natureza de 2 gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim - Olhão
23 de Agosto de 2015


Uma das gaivotas foi recolhida em Albufeira e apresentava sintomas de doença gastrointestinal. O seu tratamento consistiu na administração de fluidos, alimentação adequada e posteriormente treinos de voo. A outra gaivota tratava-se de uma cria que foi recolhida em Portimão. O seu tratamento consistiu em alimentação adequada até completar o crescimento das penas necessárias ao voo. No final do processo foi sujeita a treinos de voo juntamente com outras gaivotas.


Actividade Ciência Viva no Verão - 2ª Saída Nocturna para Observação de Camaleões


No passado dia 22 de Agosto, o RIAS realizou uma saída de campo nocturna para observação de camaleões. Esta foi a segunda edição desta actividade que está inserida no âmbito do Ciência Viva no Verão. 
Cerca de 15 participantes percorreram a Quinta de Marim, conseguindo observar 7 camaleões!



Devolução à Natureza de uma gaivota-de-patas-amarelas

Devolução à Natureza de uma gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim - Olhão
22 de Agosto de 2015



Uma gaivota-de-patas-amarelas foi encontrada em Silves e encaminhada para o RIAS pelos vigilantes da natureza do Parque Natural da Ria Formosa. Era uma juvenil que tinha caído do ninho pelo que foi necessário alimentá-la até que crescessem todas as penas necessárias ao voo. Posteriormente foi submetida a treinos de voo. Foi devolvida à natureza na presença de visitantes do CIA.

Campanha de angariação de materiais, Pão de Açucar - Resultados

No passado dia 26 de Agosto o RIAS realizou mais uma campanha de angariação de materiais no Pão de Açúcar. 



-  260,5 Kg de ração seca para animais
-  28,43 Kg de ração húmida para animais
-  500g de ração para aves
- 13 frascos de Álcool
- 5 frascos de Betadine
- 715 sacos para lixo
- 690 de sacos de congelação
- 47L de lixívia
- 69L de detergente para o chão
- 59L de detergente para a loiça
- 175 doses de detergente para a roupa
- 13 embalagens de sabão líquido para mãos
-  72 rolos de papel higiénico
-  121 rolos de papel de cozinha
-  11 pares de luvas de cozinha
-  590 pares de luvas de latex
-  7 esponjas de cozinha
- 56 esfregões de cozinha
- 18 panos de cozinha
- 1 embalagem de papel alumínio
- 3 ambientadores
- 50 canetas
- 4 marcadores


Agradecemos novamente ao Pão de Açúcar de Olhão que nos permitiu a realização desta campanha.



E o RIAS agradece ainda a enorme generosidade de todos os que contribuíram para esta campanha através da doação de materiais essenciais para o trabalho do centro! 


Muito Obrigado!

Devoluções à Natureza de dia 21 de Agosto de 2015

Devolução à Natureza de duas gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim - Olhão
21 de Agosto de 2015



As duas gaivotas-de-patas-amarelas foram encontradas órfãos, uma na zona de Portimão e outra na zona de Lagos. A sua recuperação baseou-se em alimentação até que crescessem todas as penas necessárias ao voo. Posteriormente foram submetidas a treinos de voo. Foram devolvidas à natureza por técnicos do RIAS e visitantes do CIA - Centro de Interpretação Ambiental do RIAS.



Devolução à Natureza de uma águia-cobreira (Circaetus gallicus)
Cerro de São Miguel - Moncarapacho
21 de Agosto de 2015


Uma águia-cobreira foi encontrada no fundo de um poço na zona de São Brás de Alportel. Estava debilitada por não se alimentar à alguns dias e apresentava lesões nas unhas e dedos por tentar escapar. Foram também detectados sinais de infecção. A sua recuperação consistiu na administração de antibiótico e anti-inflamatório. Quando recuperou foi colocada numa câmara exterior para treinar o voo. Foi devolvida à natureza pelo seu padrinho.





Devolução à Natureza de um mocho-galego (Athene noctua)
Quinta de Marim - Olhão
21 de Agosto de 2015



Um mocho-galego juvenil foi encontrado em Vilamoura. Não tinha lesões, mas ainda não era autónomo para sobreviver sozinho. A sua recuperação consistiu em alimentação e posteriores treinos de voo e de caça. Foi devolvido à natureza por quem o encontrou.



terça-feira, 25 de agosto de 2015

Devoluções à Natureza de dia 20 de Agosto de 2015

Devolução à Natureza de uma gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis) e de uma gaivota-d'asa-escura (Larus fuscus)
Quinta de Marim - Olhão
20 de Agosto de 2015




A gaivota-d'asa-escura ingressou no RIAS devido a debilidade. Foi necessário alimentá-la até que recuperasse a sua condição física. A gaivota-de-patas-amarelas foi encontrada em Albufeira após ter caído do ninho. Foi necessário alimentá-la até que crescessem todas as penas necessárias ao voo. 
Foram posteriormente submetidas a treinos de voo. Uma foi devolvida à natureza por uma voluntária do RIAS a outra por quem a encontrou.




Devolução à Natureza de uma andorinha-dáurica (Cecropis daurica)
Quinta de Marim - Olhão
20 de Agosto de 2015



Uma andorinha-dáurica foi encontrada em São Brás de Alportel. Apresentava amputação de uma das patas, mas a lesão já estava cicatrizada e não influenciava o comportamento do animal. Não tendo outras lesões ficou algum tempo em observação e foi libertada por um voluntário do RIAS.




Devolução à Natureza de um açor

Devolução à Natureza de um açor (Accipiter gentilis)
Quinta de Marim - Olhão
19 de Agosto de 2015



Um açor foi encontrado dentro de um galinheiro na zona de Tavira e foi nos prontamente encaminhado por colaboradores da Câmara Municipal. O animal não tinha qualquer lesão pelo que foi imediatamente devolvido à natureza por uma colaboradora do RIAS.




Devolução à Natureza de duas gaivotas-de-patas-amarelas

Devolução à Natureza de duas gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim - Olhão
18 de Agosto de 2015


Ambas as gaivotas-de-patas-amarelas ingressaram devido a queda de ninho na zona de Armação de Pêra. Foi necessário alimentá-las até que aprendessem a voar e colocá-las junto com outras gaivotas para treinarem o voo. Foram devolvidas à natureza por visitantes do Centro de Interpretação Ambiental do RIAS.




quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Campanha de angariação de materiais, Pão de Açucar

Na próxima quarta-feira26 de Agosto, irá decorrer uma campanha de angariação de bens e materiais para o RIAS.

A acção decorrerá no Pão de Açúcar do Ria Shopping, em Olhão, a partir das 11h.




quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Devolução à Natureza de uma águia-cobreira

Devolução à Natureza de uma águia-cobreira (Circaetus gallicus)
Hotel Vila Vita Parc - Porches
18 de Agosto de 2015


Uma águia-cobreira foi encontrada após ter caído do ninho. Não apresentava lesões, mas era uma cria sem capacidade para subsistir sozinha. Nos primeiros dias foi necessário alimentar com pinça até que comesse sozinha. Quando as penas se desenvolveram e começou a voar foi colocada numa câmara exterior com outras águias da mesma espécie para treinar o voo e a caça. 


A águia-cobreira foi devolvido à natureza por hospedes e colaboradores do hotel Vila Vita. 






O RIAS agradece o importante apoio prestado pelo Vila Vita Parc.



terça-feira, 18 de agosto de 2015

Devolução à Natureza de um andorinhão-pálido

Devolução à Natureza de um andorinhão-pálido (Apus pallidus)
Quinta de Marim - Olhão
15 de Agosto de 2015


Um andorinhão-pálido foi recolhido em Lagos por um particular. O animal foi visto a ser atacado por um falcão-peregrino, mas verificou-se que não apresentava lesões. Estava apenas um pouco fraco pelo que a sua recuperação foi rápida e consistiu em alimentação. Foi devolvido à natureza por uma voluntária do RIAS.



Devolução à Natureza de dia 14 de Agosto de 2015

Devolução à Natureza de dois cágados-mediterrânicos (Mauremys leprosa)
Quinta de Marim - Olhão
14 de Agosto de 2015



Dois cágados-mediterrânicos foram entregues no RIAS por particulares que os tinham em casa. Não apresentavam lesões, mas ficaram no centro alguns dias para observação do seu comportamento. Foram devolvidos à natureza por visitantes do Parque Natural da Ria Formosa e por uma voluntária.






Devolução à Natureza de uma cegonha-branca (Ciconia ciconia)
Quinta de Marim - Olhão
14 de Agosto de 2015



Uma cegonha-branca foi recolhida pelos bombeiros de Faro após ter caído do ninho. Não tinha lesões, mas ainda não se conseguia alimentar sozinha nem voar. Assim, a sua recuperação consistiu em alimentação e treinos de voo. Foi devolvida à natureza por colaboradores da empresa NIOBO, empresa madrinha de todas as cegonhas-brancas em recuperação no RIAS.











Devolução à Natureza de uma garça-branca-pequena (Egretta garzetta)
Quinta de Marim - Olhão
14 de Agosto de 2015




Uma garça-branca-pequena foi encontrada na zona do Hotel Real Marina, em Olhão, e foi reencaminhada para o RIAS por um colaborador do hotel. Estava um pouco fraca e debilitada pelo que a sua recuperação consistiu em alimentação adequada até recuperar forças. Foi libertada por quem a encontrou.


Devolução à Natureza de uma águia-d'asa-redonda (Buteo buteo)
Castro Verde
14 de Agosto de 2015



Uma águia-d'asa-redonda foi encontrada em Castro Verde por técnicos da Liga para a Proteção da Natureza (LPN). Era um juvenil que tinha caído do ninho. Foi necessário alimentá-lo e posteriormente colocá-lo a treinar o voo e a caça. Esta águia foi devolvida à natureza durante um ATL organizado pela Câmara Municipal de Castro Verde em parceria com a LPN no âmbito do projecto LIFE Imperial. As 22 crianças presentes baptizaram-no de "2x4".



sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Devoluções à Natureza de dia 13 de Agosto de 2015

Devolução à Natureza de um cágado-mediterrânico (Mauremys leprosa)
Quinta de Marim - Olhão
13 de Agosto de 2015




Um cágado-mediterrânico foi encontrado por particulares numa zona habitacional. Verificou-se que não tinha lesões pelo que foi prontamente devolvido à natureza por uma voluntária do RIAS.



Devolução à Natureza de um zarro-comum (Aythya ferina)
Quinta de Marim - Olhão
13 de Agosto de 2015



Um pequeno zarro-comum foi encontrado por um casal de turistas na zona de Quinta do Lago. O casal entregou-o no RIAS verificado-se que era um juvenil ainda sem capacidades para sobreviver sozinho. Assim a sua recuperação consistiu em alimentação até se tornar autónomo. Foi devolvido à natureza por técnicos do RIAS.



quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Devolução à Natureza de um melro-preto

Devolução à Natureza de um melro-preto (Turdus merula)
Quinta de Marim - Olhão
12 de Agosto de 2015



Um melro-preto foi encontrado por um particular após ter caído do ninho. A sua recuperação consistiu em auxiliar na alimentação e posteriores treinos de voo. Foi devolvido à natureza por um voluntário do RIAS.

Devolução à Natureza de 7 gaivotas-de-patas-amarelas

Devolução à Natureza de 7 gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim - Olhão
11 de Agosto de 2015



Seis gaivotas-de-patas-amarelas ingressaram no RIAS devido a queda de ninho, tendo sido encontradas em Albufeira, Portimão e Armação de Pera. A recuperação destas seis gaivotas baseou-se em alimentação até que crescessem todas as penas necessárias ao voo.
A outra gaivota-de-patas-amarelas ingressou com feridas numa pata e numa asa. Foi necessário desinfectar as feridas e administrar anti-inflamatório. 

Todas foram submetidas a treinos de voo antes de serem devolvidas à natureza por voluntários e técnicos do RIAS.