O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 30 de junho de 2015

Devolução à natureza de uma andorinha-dos-beirais

Devolução à natureza de uma andorinha-dos-beirais (Delichon urbicum)
Quinta de Marim - Olhão
23 de Junho de 2015


Esta andorinha-dos-beirais foi entregue no RIAS por uns particulares que a recolheram em Faro. Tratando-se de um juvenil, foi mantida com outras andorinhas até completar o crescimento das penas de voo. Assim que aprendeu a voar, foi devolvida à natureza.

video




Devolução à Natureza de duas gaivotas-de-patas-amarelas

Devolução à Natureza de duas gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
"Baila Ria" - Praia de Faro
21 de Junho de 2015



Estas duas gaivotas deram entrada no RIAS durante o mês de Maio, ambas apresentando sintomas compatíveis com doença gastro-intestinal. O seu tratamento consistiu em fluidoterapia e alimentação cuidada. Assim que recuperaram a condição física e exercitaram o voo, foram devolvidas à natureza por participantes do Festival BailaRia, que decorreu na Praia de Faro.



video

O RIAS agradece o simpático convite da organização desta iniciativa e deseja muito sucesso para edições futuras!!

Devoluções à Natureza de dia 19 de Junho de 2015

Devolução à Natureza de 4 andorinhas-dos-beirais (Delichon urbicum)
Quinta de Marim - Olhão
19 de Junho de 2015



Quatro andorinhas-dos-beirais ingressaram no RIAS após terem caído do ninho. Foram encontradas por particulares e vieram de diferentes locais do Algarve: Faro, Tavira e Monte Gordo. Apesar de terem caído do ninho não apresentavam lesões, sendo apenas ainda demasiado pequenas para voar. Foi necessário alimentá-las até que desenvolvessem todas as penas necessárias ao voo. Foram devolvidas à natureza por quem as encontrou e por voluntários do RIAS. 


video


Devolução à Natureza de uma cegonha-branca (Ciconia ciconia)
Quinta de Marim - Olhão
19 de Junho de 2015

Uma cegonha-branca foi encontrada em Silves provavelmente após ter embatido contra um edifício. Não apresentava lesões, mas encontrava-se desorientada e apática. Foi colocada num local com outras cegonhas e foi disponibilizado alimento. Recuperou rapidamente e foi devolvida à natureza por colaboradores da empresa NIOBO (Empresa madrinha de todas as cegonhas-brancas do RIAS).



Devoluções à Natureza de dia 18 de Junho de 2015

Devolução à Natureza de uma gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Lagoa dos Salgados - Albufeira
18 de Junho de 2015



Uma gaivota-de-patas-amarelas foi encontrada por um particular na zona de Alvor. O animal apresentava sintomas de doença, não tendo forças para se movimentar nem para se alimentar sozinha. Nos primeiros dias foi necessário efectuar fluído-terapia para hidratá-la e alimentar por sonda. Quando recuperou forças foi transferida para uma câmara exterior para treinar o voo. Foi devolvida à natureza por quem a encontrou.


video



Devolução à Natureza de um falcão-peregrino (Falco peregrinus)
Vila Vita Parc - Armação de Pêra
18 de Junho de 2015


Uma fêmea juvenil de falcão-peregrino foi encontrada na varanda de um quarto do Hotel Vila Vita Parc. Não apresentava qualquer lesão pelo que se suspeita que terá embatido contra uma janela. Foi mantido no centro apenas alguns dias para observação. O falcão foi devolvido à natureza no local onde foi encontrado, na presença de hospedes e trabalhadores do Hotel Vila Vita. 



video

Devoluções à Natureza de dia 17 de Junho de 2015

Devolução à Natureza de um cágado-mediterrânico (Mauremys leprosa)
Quinta de Marim - Olhão
17 de Junho de 2015


Um cágado-mediterrânico foi entregue no RIAS por se encontrar em cativeiro. Foi mantido para observação e colocado com outro indivíduo da mesma espécie para testar o seu comportamento e instintos naturais. Verificando-se que era completamente autónomo foi devolvido à natureza e baptizado de "Tuga".



Devolução à Natureza de uma andorinha-dos-beirais (Delichon urbicum)
Quinta de Marim - Olhão
17 de Junho de 2015


Esta andorinha caiu do ninho em Monte Gordo, tendo sido encaminhada para o RIAS pelos vigilantes da Natureza da Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António. O curto tempo que passou no RIAS foi necessário para que melhorasse a condição física e treinasse o voo. 

video


Devolução à Natureza de uma garça-boieira (Bubulcus ibis)
Quinta de Marim - Olhão
17 de Junho de 2015



Esta garça-boieira foi encontrada em Carvoeiro, numa praia onde existe uma colónia desta espécie a nidificar. Uma vez que a colónia é inacessível, foi necessário recolher a cria e encaminhá-la para o RIAS. Depois de um mês em recuperação, onde foi alimentada até que as penas necessárias ao voo crescessem, foi devolvida à natureza no lago da Quinta de Marim. 





video



Devolução à Natureza duas gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim - Olhão
17 de Junho de 2015




Estas duas gaivotas ingressaram no RIAS em Março, ambas apresentando lesões provocadas por trauma de origem desconhecida. Após a estabilização das fracturas foram colocadas numa instalação exterior juntamente com outras gaivotas onde foi possível treinarem o voo. Foram devolvidas à natureza por técnicos do RIAS.


Devolução à Natureza de um cuco-rabilongo (Clamator glandarius)
Quinta de Marim - Olhão
17 de Junho de 2015



Esta ave ingressou no RIAS após ter sido recolhida em Olhão. Provavelmente terá embatido numa janela tendo ficado apenas desorientado, e como não apresentava nenhuma lesão, foi devolvida à natureza umas horas depois de ter chegado ao centro. 



video

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Devolução à Natureza de um camaleão

Devolução à Natureza de um camaleão (Chamaeleo chamaeleon)
Quinta de Marim - Olhão
17 de Junho de 2015



Este camaleão foi encontrado numa estrada em Quelfes e uma vez que não apresentava lesões foi devolvido à natureza de imediato, na Quinta de Marim.
Como é visível na imagem este camaleão foi marcado com um código alfanumérico que permitirá a sua identificação mais tarde, caso seja encontrado novamente. Esta marcação está a ser efectuada no âmbito de um projecto que iniciou este mês e que tem como objectivo estudar e quantificar a população de camaleão presente na Quinta de Marim, Parque Natural da Ria Formosa. 

Caso encontre algum camaleão marcado, envie-nos um email com a data, o local e o código do animal para rias.aldeia@gmail.com!

Obrigada!


quarta-feira, 17 de junho de 2015

Devolução à Natureza de 6 pardais-comuns (Passer domesticus) e 3 andorinhas-dos-beirais (Delichon urbicum)

Devolução à Natureza de 6 pardais-comuns (Passer domesticus) e 3 andorinhas-dos-beirais (Delichon urbicum)
Quinta de Marim - Olhão
16 de Junho de 2015



Seis pardais-comuns e três andorinhas-dos-beirais ingressaram no RIAS após terem caído do ninho. Os animais vieram de diferentes partes do Algarve e foram reencaminhados por particulares. A sua recuperação consistiu em alimentação até que crescessem todas as penas necessárias ao voo. Relativamente aos pardais, estes tiveram uma libertação progressiva em que a porta da gaiola exterior é deixada aberta com água e comida disponível para que eles possam gradualmente ir ficando autónomos. As andorinhas foram devolvidas à natureza por quem as encontrou.




Devolução à Natureza de um melro-preto

Devolução à Natureza de um melro-preto (Turdus merula)
Quinta de Marim - Olhão
15 de Junho de 2015


Um melro-preto juvenil foi encontrado por um particular que o encaminhou para o nosso centro. Não apresentava lesões pelo que a sua recuperação consistiu apenas em alimentação até que crescessem as penas necessárias ao voo. Posteriormente foi colocado numa câmara exterior para treinar o voo. Foi quem o encontrou que o devolveu à natureza.



video

Devoluções à Natureza de dia 14 de Junho de 2015

Devolução à Natureza de uma gineta (Genetta genetta)
Santa Catarina - Tavira
14 de Junho de 2015


Uma gineta ingressou no RIAS após ter sido encontrada num poço. O animal encontrava-se bastante magro e desidratado e com feridas graves. Um dos olhos estava cego e com a córnea perfurada tendo sido necessário proceder a uma intervenção cirúrgica para o remover. As patas estavam com feridas e com as unhas gastas pelo esforço que deve ter feito para tentar sair do poço. Uma das patas tinha uma infecção grave, apresentando larvas e falta de alguns dedos . 

           Pata com larvas à chegada                   Pata no final da recuperação


Foi ainda necessário administrar antibiótico e anti-inflamatório. No final da recuperação (com a pata e o olho já sarados) foi colocada numa câmara exterior para treinar a caça. Foi devolvida à natureza por técnicos e voluntários do RIAS.


video


Devolução à Natureza de um mocho-galego (Athene noctua)
Quinta de Marim -Olhão
14 de Junho de 2015




Um mocho-galego foi encontrado por um particular na zona de Loulé. Era uma cria que tinha caído do ninho, mas não apresentava lesões. Foi necessário alimentá-lo até que crescessem todas as penas necessárias ao voo. Posteriormente foi submetido a treinos de voo e caça. Foi quem o encontrou que o devolveu à natureza.


video

Dia do Camaleão



No passado dia 13 de Junho, o RIAS e a Associação Cultural e Recreativa Amarelarte realizaram um dia dedicado ao Camaleão. 
A actividade começou às 10h com um percurso pela Quinta de Marim para encontrar camaleões, onde os participantes encontraram 2 camaleões adultos.
Depois foi realizada uma visita ao centro de interpretação ambiental do RIAS e foi devolvido à natureza um camaleão que tinha ingressado no centro (ver abaixo). Seguiu-se um almoço partilhado no parque de merendas. 






No final, crianças e adultos meteram mãos à obra para construir um camaleão com materiais naturais - palha, terra, pedras, troncos e folhas.

Queremos agradecer à Associação Amarelarte por esta iniciativa e a todas as famílias participantes pela sua presença. 





Devolução à Natureza de um camaleão-comum (Chamaeleo chamaeleon)
Quinta de Marim - Olhão
13 de Junho de 2015



Um camaleão-comum foi encaminhado para o RIAS após um particular o ter encontrado perto de uma estrada. O animal não apresentava lesões pelo que ficou apenas um dia em observação para se verificar se o comportamento era o normal da espécie. Foi devolvido à natureza por participantes da actividade Dia do Camaleão e foi baptizado de "RIAS".



terça-feira, 16 de junho de 2015

Pais e crias - Educação Ambiental para toda a família

O Verão está a chegar e com ele o RIAS trás novas actividades para os mais novos, intituladas "Pais e Crias"!
Estas actividades para além de terem como objectivo alertar as crianças para o nosso trabalho e para a conservação da natureza são também um esforço para a angariação de fundos para podermos continuar com o nosso trabalho com mais e melhores condições.



As actividades são semanais (sempre às quintas-feiras à tarde) e dedicadas à temática da fauna selvagem e da reciclagem de materiais.
Cada actividade é subordinada a um tema diferente e a primeira será no dia 25 de Junho com o tema dos morcegos.



Assim apelamos a que participem ou ajudem a divulgar!

O RIAS agradece!

Educação Ambiental no Colégio Bernardete Romeira



No passado dia 11 de Junho o RIAS deslocou-se ao Colégio Bernardete Romeira para apresentar o trabalho do centro e as nossas espécies a duas turmas: uma de meninos de pré-escolar e outra de 2º ano. A nossa visita ocorreu no âmbito da preparação de um trabalho para apresentar na festa de final de ano, em que as duas turmas vão desenvolver um teatro sobre a problemática dos animais selvagens feridos.
Os pequeninos aprenderam nossas espécies e puderam ver de perto e sentir alguns materiais biológicos, como penas, asas, garras e crânios de aves.

No final foram surpreendidos pelos professores com o apadrinhamento de dois animais em recuperação no nosso centro pelo que brevemente virão visitar o RIAS e devolver à natureza os animais apadrinhados.



Devolução à Natureza de um melro-preto

Devolução à Natureza de um melro-preto (Turdus merula)
Quinta de Marim - Olhão
10 de Junho de 2015




Um pequeno melro-preto foi encontrado por um particular após ter caído do ninho, na zona de Quarteira. Não tinha lesões pelo que apenas foi necessário alimentá-lo até que crescessem todas as penas necessárias ao voo. Foi devolvido à natureza por técnicos do RIAS.


video


Devolução à Natureza de um pardal-comum

Devolução à Natureza de um pardal-comum (Passer domesticus)
Quinta de Marim - Olhão
8 de Junho de 2015



Um pardal foi encontrado por um particular que o reencaminhou para o RIAS. Era ainda uma cria e foi necessário alimentá-lo até que crescessem todas as penas necessárias ao voo. A sua devolução à natureza foi realizada de forma progressiva: abrindo a porta da gaiola e deixando água e alimento disponível. Desta forma permitimos que os animais se adaptem lentamente ao ambiente natural.  

Devoluções à Natureza de dia 7 de Junho de 2015

Devolução à Natureza de uma gaivota-d'asa-escura (Larus fuscus)
Quinta de Marim - Olhão
7 de Junho de 2015





Uma gaivota-d'asa-escura foi encontrada por um particular em Faro. Apresentava sintomas de uma doença que debilita e desidrata. A sua recuperação consistiu em administrar fluídos e auxiliar na alimentação. Quando ficou recuperada foi colocada numa câmara exterior para treinar o voo. Foi devolvida à natureza por quem a encontrou.


Devolução à Natureza de um pardal-comum (Passer domesticus)
Quinta de Marim - Olhão
7 de Junho de 2015



Um pardal foi encontrado por um particular que o reencaminhou para o RIAS. Era ainda uma cria que deverá ter caído do ninho ao experimentar o primeiro voo. A sua recuperação consistiu em alimentá-lo até que crescessem todas as penas necessárias ao voo. Foi devolvido à natureza por técnicos do RIAS. 


quinta-feira, 11 de junho de 2015

Devolução à Natureza de um pintassilgo

Devolução à Natureza de um pintassilgo (Carduelis carduelis)
Quinta de Marim - Olhão
6 de Junho de 2015




Um pintassilgo foi encontrado na praia de Faro por um particular que o reencaminhou para o RIAS. O animal era já adulto, não presentava lesões e tinha uma boa condição corporal, pelo que se pensa que poderá ter embatido numa estrutura e ficado um pouco atordoado. Ficou o dia em observação e foi prontamente devolvido à natureza. 

video

Dia Mundial do Ambiente - Aeroporto de Faro




O Dia Mundial do Ambiente comemorou-se no passado dia 5 de Junho e para assinalar esta importante data a ANA-Aeroporto de Faro convidou o RIAS e o grupo juvenil de guitarras os "Farrobinhas" para participarem num evento na gare das partidas do aeroporto de Faro.
O evento consistiu em realizar trabalhos manuais construindo camaleões, morcegos e cágados com cartolinas e materiais reciclados ao som dos "Farrobinhas".