O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Devolução à Natureza de três gaivotas-de-patas-amarelas e uma gaivota-d'asa-escura

Devolução à Natureza de três gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis) e uma gaivota-d'asa-escura (Larus fuscus)
Quinta de Marim - Olhão 
22 de Dezembro de 2015




Três gaivotas-de-patas-amarelas e uma gaivota-d'asa-escura ingressaram no RIAS após ter sido encontradas em Portimão (3) e Castro Marim. Uma tinha ferimentos provocados por fio de pesca numa das asas. Foi necessário limpar e desinfectar as feridas e administrar antibiótico.
Outra ingressou devido a trauma no ombro esquerdo pelo que o seu tratamento consistiu em imobilizar a asa afectada e posteriormente realizar fisioterapia. 




Umas destas tinha sintomas de doença que lhe provocava diarreia e paralisia. O seu tratamento consistiu em fluido-terapia e alimentação assistida uma vez que não tinha forças para se alimentar sozinha.
A última ingressou sem lesões, encontrando-se apenas debilitada. A sua recuperação foi simples consistindo apenas em disponibilização de água e comida. Esta gaivota estava marcada com uma anilha inglesa.
No final da recuperação foram todas submetidas a treinos de voo.
Foram devolvidas à natureza por visitantes do Parque Natural da Ria Formosa.



video

Sem comentários: