O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Devolução à Natureza de dois pintassilgos e dois verdilhões

Devolução à Natureza de dois pintassilgos (Carduelis carduelis) e dois verdilhões (Chloris chloris)
Quinta de Marim - Olhão
7 de Outubro de 2015



Vários passeriformes foram apreendidos pelo SEPNA de Tavira. Os indivíduos que tinha sido acabados de capturar foram imediatamente devolvidos à natureza para evitar lesões. Dois pintassilgos e dois verdilhões já se encontravam em cativeiro à algum tempo pelo que foram reencaminhados para o RIAS. Após exame físico verificou-se que não tinham lesões tendo também sido libertados nesse mesmo dia por técnicos do nosso centro. 




Campanha "Diga não aos passarinhos na gaiola e no prato"

Aproveitamos esta apreensão para reforçar que é ilegal apanhar e/ou manter em cativeiro qualquer animal da nossa fauna.


A SPEA - Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves lançou em parceria com a ALDEIA (particularmente através dos centros de recuperação de fauna selvagem CERVAS e RIAS), A Rocha, a LPN e a Quercus, a campanha “Diga NÃO aos passarinhos na gaiola e no prato” com o objetivo de colocar na ordem do dia o tema da captura e venda ilegal de aves.




Mais informações sobre esta campanha em: 

Sem comentários: