O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Devolução à Natureza de 13 gaivotas-de-patas-amarelas

Devolução à Natureza de 13 gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim - Olhão
2 de Setembro de 2015



  
Nove gaivotas-de-patas-amarelas ingressaram no RIAS devido a queda de ninho nas zonas de Albufeira e Portimão. A sua recuperação consistiu em alimentação adequada até que crescessem as penas necessárias ao voo.
Uma gaivota chegou-nos débil e a sua recuperação consistiu igualmente em alimentação adequada.
Outra apresentava uma inflamação de articulação da pata. Foi necessário aplicar panos quentes na zona afectada e administrar antibiótico e anti-inflamatório.
Uma gaivota encontrada em Portimão apresentava feridas compatíveis com lesões provocadas por anzol e fio de pesca. As feridas foram limpas e desinfectadas.
Por último, chegou-nos uma gaivota com uma fractura na pata. A zona fractura foi imobilizada até cicatrizar.


No final todas as gaivotas foram submetidas a treinos de voo. Foram devolvidas à natureza por voluntários e técnicos do RIAS.




1 comentário:

Maria Machadinho disse...

Bom dia, gostaria de saber se a foto da gaivota que está sozinha foi de Albufeira, ou seja terá o nº 564 ou 595.
Mais uma vez agradeço todo o vosso trabalho.
Bem haja

Maria Machadinho

Albufeira