O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Devoluções à Natureza de dia 4 de Agosto de 2015

Devolução à Natureza de uma andorinha-dos-beirais (Delichon urbicum)
Quinta de Marim - Olhão
4 de Agosto de 2015




Uma andorinha-dos-beirais caiu do ninho e foi encontrada por um particular que a reencaminhou para o nosso centro. Verificou-se que não tinha lesões e foi apenas necessário alimentá-la até que crescessem todas as penas necessárias ao voo. Foi devolvida à natureza por uma técnica do RIAS.





Devolução à Natureza de dois cágados-mediterrânicos (Mauremys leprosa)
Quinta de Marim - Olhão
4 de Agosto de 2015



Dois cágados-mediterrênicos foram entregues no RIAS por um particular cujo um familiar os tinha em casa há vários anos. Os animais foram mantidos no RIAS para observação do seu comportamento e foram colocados numa estrutura exterior juntamente com outros cágados. Verificou-se que estavam aptos para sobreviver na natureza e foram libertados por voluntários do RIAS.




Devolução à Natureza de duas gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim - Olhão
4 de Agosto de 2015


Duas gaivotas-de-patas-amarelas ingressaram no RIAS devido a queda de ninho. Ambas foram-nos reencaminhadas pelos vigilantes da natureza do Parque Natural de Ria Formosa. Não apresentavam lesões pelo que o seu tratamento consistiu em alimentação e treinos de voo. Foram devolvidas à natureza por voluntários do RIAS.





Devolução à Natureza de um alcaravão (Burhinus oedicnemus)
Quinta de Marim - Olhão
4 de Agosto de 2015



Um alcaravão foi encontrado no Ludo por um particular. O animal encontrava-se molhado e hipotérmico tendo sido necessário aquece-lo de imediato. Verificou-se que não apresentava lesões e assim que recuperou a sua temperatura normal e comeu foi prontamente devolvido à natureza por um voluntário do RIAS.





Devolução à Natureza de um peneireiro-comum (Falco tinnunculus) e de uma coruja-do-mato (Strix aluco)
Hotel Epic Sana - Albufeira
4 de Agosto de 2015



Um peneireiro-vulgar e uma coruja-do-mato ingressaram no RIAS após terem caído do ninho. Foram encontrados por particulares que os recolheram e encaminharam para o nosso centro. Verificou-se que não tinham lesões tendo a sua recuperação consistido em alimentação até que crescessem as penas necessárias ao voo. Posteriormente foram colocados com mais indivíduos da mesma espécie para socializaram, treinarem o voo e caçarem.
Foram devolvidos à natureza em Albufeira por hospedes do Hotel Epic Sana.










Sem comentários: