O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Devoluções à Natureza de dia 30 de Junho de 2015

Devolução à Natureza de um alcaravão (Burhinus oedicnemus)
Quinta de Marim - Olhão
30 de Junho de 2015


Um alcaravão foi encontrado na zona de Moncarapacho por um particular e reencaminhado para o RIAS pelos vigilantes da natureza do Parque Natural da Ria Formosa. Tinha uma ferida na cabeça que deverá ter sido provocada por ter colidido com uma estrutura. O tratamento consistiu em limpar a ferida e em administrar anti-inflamatório. Foi devolvido à natureza por técnicos e voluntários do RIAS.





Devolução à Natureza de 2 andorinhas-dos-beirais (Delichon urbicum) e 2 andorinhas-das-chaminés (Hirundo rustica)
Quinta de Marim - Olhão
30 de Junho de 2015


As andorinhas-dos-beirais e as andorinhas-das-chaminés ingressaram no RIAS após terem caído do ninho. Não apresentavam lesões tendo sido apenas necessário alimentá-las até que todas as penas se desenvolvessem. Foram devolvidas à natureza por técnicos e voluntários do RIAS.



Devolução à Natureza de 2 estorninhos (Sturnus unicolor)
Quinta de Marim - Olhão
30 de Junho de 2015

Dois estorninhos ingressaram no RIAS ainda bébés. Nos primeiros dias foi necessário alimentá-los à mão, mas rapidamente começaram a comer sozinhos. Quando todas as penas necessárias ao voo já estavam desenvolvidas foram submetidos a treinos de voo. 


Devolução à Natureza de um andorinhão-pálido (Apus pallidus) e de três andorinhões-pretos (Apus apus)
Quinta de Marim - Olhão
30 de Junho de 2015




Todos estes andorinhões ingressaram no RIAS devido a terem caído do ninho. É normal que quando tentem o primeiro voo não sejam bem-sucedidos. Ficaram no nosso centro a serem alimentados até atingiram o peso e a dimensão de um adulto. Foram devolvidos à natureza por quem os encontrou e um deles foi baptizado de "Kami".










Devolução à Natureza de uma cobra-de-ferradura (Hemorrhois hippocrepis)
Quinta de Marim - Olhão
30 de Junho de 2015



Uma cobra-de-ferradura foi encontrada na cave de uma casa em Olhão e foi entregue no RIAS por elementos da PSP. Como não apresentava lesões foi prontamente devolvida à natureza por um voluntário do RIAS.




Devolução à Natureza de 2 peneireiros-vulgares (Falco tinnunculus)
Epic Sana Algarve Hotel - Albufeira
30 de Junho de 2015




Estes dois peneireiros-vulgares foram encontrados após terem caído do ninho. Ainda não tinham capacidade para se alimentar sozinhos, nem para voar. A sua recuperação consistiu em alimentação e treinos de voo e de caça.
Foram devolvidos à natureza por hospedes do Epic Sana Algarve Hotel.





Sem comentários: