O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 28 de julho de 2015

Devoluções à Natureza de dia 18 de Julho de 2015

Devolução à Natureza de um camaleão-comum (Chamaeleo chamaeleon)
Quinta de Marim - Olhão
18 de Julho de 2015


Um camaleão-comum foi encontrado por um particular a atravessar uma estrada. Foi encaminhado para o RIAS e verificando-se que não apresentava lesões foi imediatamente devolvido à natureza por uma voluntária do RIAS.



Devolução à Natureza de um peneireiro-vulgar (Falco tinnunculus)
Quinta de Marim - Olhão
18 de Julho de 2015



Um peneireiro-vulgar ingressou no RIAS quando era juvenil. Foi necessário alimentá-lo até que todas as penas necessárias ao voo se desenvolvessem e posteriormente foi colocado com outros indivíduos da mesma espécie para treinar o voo e a caça. A sua madrinha devolveu-o à natureza.




Devolução à Natureza de uma coruja-do-mato (Strix aluco)
Quinta de Marim - Olhão
18 de Julho de 2015



Uma coruja-do-mato foi encontrada na zona de Albufeira e foi reencaminhada para o RIAS pelos vigilantes da natureza do Parque Natural da Ria Formosa. Tinha uma lesão numa das asas e chegou cega do olho esquerdo. A sua recuperação consistiu em tratamento da asa afectada e posteriores treinos de voo e de caça. Foi devolvida à natureza pela sua madrinha.





Se quiser apadrinhar um dos nossos animais e participar na sua libertação contacte-nos!

Sem comentários: