O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Devoluções à Natureza de dia 14 de Julho de 2015

Devolução à Natureza de dois pardais-comuns (Passer domesticus)
Quinta de Marim - Olhão 
14 de Julho de 2015


Dois pardais-comuns foram entregues no RIAS ainda juvenis. Provavelmente terão caído do ninho ao experimentar o primeiro voo e foram encontrados por particulares. A sua recuperação consistiu em alimentação até crescerem todas as penas necessárias ao voo. Foram devolvidos à natureza por quem os encontrou.



Devolução à Natureza de um andorinhão-pálido (Apus pallidus)
Tavira 
14 de Julho de 2015




Um andorinhão-pálido foi encontrado por um particular após ter caído do ninho. Não apresentava lesões e a sua recuperação consistiu em alimentá-lo até que todas as penas necessárias ao voo estivessem desenvolvidas. Foi devolvido à natureza por técnicos do RIAS.




Devolução à Natureza de um mocho-galego (Athene noctua)
Bordeira - Faro
14 de Julho de 2015



Um mocho-galego foi encontrado na Bordeira por um particular membro do  grupo juvenil de guitarras os "Farrobinhas". O mocho não tinha lesões era apenas muito jovem para se conseguir alimentar sozinho. No inicio foi alimentado com carne e posteriormente foi submetidos a treinos de voo e de caça juntamente com outros mochos da mesma espécie. Foi devolvido à natureza pelo grupo juvenil.




Sem comentários: