O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Visita de estudo do 3º ano do curso de Biologia da Universidade do Algarve

No passado dia 13 da Abril uma turma de Licenciatura em Biologia da Universidade do Algarve visitou a Quinta de Marim e o RIAS. O grupo contou com cerca de 50 alunos que assistiram a uma apresentação detalhada do trabalho do RIAS e visitaram também as nossas instalações. Os alunos tiveram ainda a oportunidade de devolver à natureza uma gaivota-de-patas-amarelas.


Devolução à natureza de uma gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim - Olhão
13 de Abril de 2015


Esta gaivota-de-patas-amarelas foi encaminhada para o RIAS pelos vigilantes do Parque Natural da Ria Formosa após ter sido encontrada em Quarteira. Apresentava sintomas de uma doença muito comum nas gaivotas, encontrando-se débil, desidratada e incapaz de se colocar de pé ou alimentar sozinha. A sua recuperação consistiu na administração de fluídos e alimentação assistida, até que o conseguisse fazer por si. Foi então submetida a treinos de voo, tendo sido devolvida à natureza pelos alunos da turma de Licenciatura em Biologia da UAlg.

Sem comentários: