O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Devolução à Natureza de 3 gaivotas-d'asa-escura e 1 gaivota-de-patas-amarelas

Devolução à Natureza de 3 gaivotas-d'asa-escura (Larus fuscus) e 1 gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim - Olhão
10 de Janeiro de 2014



Uma gaivota-d'asa-escura ingressou no RIAS vinda de Portimão com uma ferida no bico. O ferimento não era de grande gravidade, sendo que o tratamento consistiu na sua desinfecção.
Outras duas gaivotas-d'asa-escura e uma gaivota-de-patas-amarelas ingressaram devido a doença. Foram reencaminhadas para o RIAS por particulares que as encontraram em Faro, Lagos e Portimão respectivamente. Nestes três casos, os sintomas eram debilidade extrema, falta de autonomia para se colocar em pé ou se alimentar sozinhas. Foi necessário aplicar fluídos subcutâneos para hidratar e restaurar forças e posteriormente foram alimentadas com o auxilio de pinça.
Na fase final do tratamento foram todas submetidas a treinos de voo, tendo sido devolvidas à natureza por técnicos do RIAS.




Sem comentários: