O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Festa de Beneficência "Todos pelo RIAS"

No passado dia 21 de Junho realizou-se uma festa de beneficência de apoio ao RIAS. O evento intitulado "Todos pelo RIAS" teve como principais objectivos a divulgação e promoção do centro de recuperação, isso tudo aliado a um dia diferente e divertido.


Visita guiada ao parque

Neste evento, que contou com actividades  como visitas guiadas, almoço de partilha e diversos workshops desde Zumba a Yoga do riso, participaram cerca de 115 pessoas.


Almoço de partilha

À tarde foram feitas, excepcionalmente, visitas ao RIAS momento que aproveitámos para dar a conhecer algumas zonas com menos "pacientes" do centro.


Demonstração de produtos e artesanato

Workshop de Zumba

Workshop de Yoga do Riso
Workshop de Esgrima

A festa "Todos pelo RIAS" contou ainda com alguns concertos e demonstrações de vários artistas, e prolongou-se até às 19:30h tendo sido finalizada com a distribuição de prémios doados pelos nossos patrocinadores.

Actuação de Dança Hip Hop
Concerto "Alunos do Patarata"

Concerto de Violino

Foram ainda devolvidos à natureza três animais recuperados no RIAS (ver post "Devoluções à natureza de dia 21 de Junho de 2014").

Muito obrigado a todos os apoios e patrocinadores e a todos os que participaram nesta festa.

Um obrigado muito especial ao grupo de empresários da Living Free sem os quais este evento não teria sido possível, especialmente ao Ricardo Capitão pela iniciativa e por todo o tempo que dedicou a esta causa.



Devolução à Natureza de um pardal-comum

Devolução à Natureza de um pardal-comum (Passer domesticus)
Quinta de Marim - Olhão
19 de Junho de 2014




Este pardal-comum foi vítima de predação por parte de um animal doméstico, e foi entregue ao RIAS ainda muito jovem. O animal apresentava um pequeno ferimento na asa e foi necessário submete-lo a antibióticos para combater o aparecimento de infeções e tratar a área afectada. Depois foi necessário continuar a alimentá-lo até que crescessem todas as penas necessárias ao voo, e posteriormente foi submetido a treinos de voo. Foi devolvido à natureza por quem o encontrou. 


Devolução à Natureza de um sardão

Devolução à Natureza de um sardão (Timon lepidus)
Quinta de Marim - Olhão
14 de Junho de 2014




Este sardão deu entrada no RIAS depois de ter sido encontrado por um particular na zona industrial de Olhão. O animal não apresentava quaisquer lesões e tinha um comportamento normal, por isso foi imediatamente devolvido à natureza por um voluntário do RIAS.


quarta-feira, 25 de junho de 2014

Educação Ambiental na Ecoteca de Olhão



Para além da recuperação de animais selvagens, o RIAS dá também muita importância à educação ambiental sendo que o objectivo é a sensibilização dos mais novos para várias problemáticas relacionadas com a nossa fauna selvagem.
Como tal, no passado dia 11 de Junho o RIAS foi à Ecoteca de Olhão - Chalé João Lúcio - receber um grupo de alunos do 4º ano da EB da Cavalinha, com uma palestra sobre o nosso trabalho no centro e também sobre algumas espécies da Ria Formosa.

Devoluções à Natureza de dia 10 de Junho de 2014

Devolução à Natureza de um melro-preto (Turdus merula)
Quinta de Marim - Olhão
10 de Junho de 2014




Um melro-preto foi encontrado em Lisboa, após cair do ninho, e  foi reencaminhado para o nosso centro por um colaborador do RIAS. Como era muito jovem foi alimentado regularmente até que crescessem todas as penas necessárias ao voo e se alimentasse sozinho. Foi libertado por uns visitantes do Centro de Interpretação Ambiental do RIAS que o baptizaram de "Rodri".



Devolução à Natureza de um cágado-de-carapaça-estriada (Emys orbicularis)
Quinta de Marim - Olhão
10 de Junho de 2014




Um cágado-de-carapaça-estriada foi encontrado à venda numa feira, tendo sido resgatado e entregue ao RIAS. Apresentava alguns ferimentos na zona do pescoço pelo que a sua estadia no centro consistiu na limpeza dessas lesões até que sarassem. Uma vez saradas as feridas foi libertado pela sua madrinha.

Aproveitamos esta situação para alertar que a compra, venda ou manutenção de animais da nossa fauna selvagem em cativeiro é estritamente proibida.


Devolução à Natureza de um falcão-peregrino (Falco peregrinus)
Silves
10 de Junho de 2014



O falcão-peregrino foi encontrado na Praia da Marinha em Lagoa por um particular e foi reencaminhado para o RIAS. Tratava-se de um juvenil fêmea que se apresentava debilitado, mas sem lesões. Como tal, a sua estadia no centro baseou-se em alimentação, para recuperar forças, e verificar os seus instintos de caça. Foi devolvido à natureza por dois colaboradores do RIAS.




Devolução à Natureza de uma águia-d'asa-redonda (Buteo buteo)
Alportel - São Brás de Alportel
10 de Junho de 2014


A águia-d'asa-redonda foi encontrada em Alcaria Ruiva, Mértola, e ingressou no RIAS com uma fractura numa das asas. O tratamento consistiu na imobilização da asa, terapia de suporte e reabilitação física. Foi então submetida a treinos de voo e caça. Foi libertada por uma colaboradora do RIAS.



Devolução à Natureza de uma gralha-preta (Corvus corone)
Miradouro do Caldeirão - Loulé
10 de Junho de 2014


Esta gralha-preta foi vítima de cativeiro ilegal tendo sido encaminhada para o RIAS pelos vigilantes do Parque Natural do Vale do Guadiana. A sua recuperação consistiu em reavivar os seus instintos naturais de forma a ser independente na natureza. Foi devolvida à natureza por uma técnica do RIAS.





Devolução à Natureza de duas corujas-do-mato (Strix aluco)
Fonte Férrea - São Brás de Alportel 
10 de Junho de 2014




As duas corujas-do-mato caíram do ninho em Aljezur, e foram encaminhadas para o RIAS por um particular. A sua estadia no centro consistiu em alimentá-las até que crescessem todas as penas necessárias ao voo. Posteriormente foram submetidas a treinos de voo e de caça. Foram devolvidas à natureza por um colaborador e uma voluntária do RIAS.




Devolução à natureza de duas andorinha-dos-beirais

Devolução à natureza de duas andorinha-dos-beirais (Delichon urbicum)
Quinta de Marim - Olhão
8 de Junho de 2014




Duas andorinhas-dos-beirais caíram do ninho, provavelmente ao experimentarem o primeiro voo sem sucesso. A sua estadia no RIAS consistiu em alimentá-las até que todas as penas necessárias ao voo crescessem. Foram devolvidas à natureza por um visitante da Quinta de Marim e por uma técnica do RIAS.

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Festa de Beneficência "Todos pelo RIAS"

É já amanhã a Festa de Beneficência "Todos pelo RIAS". 
Contamos contigo!


- 10h00 Abertura
- 10h30 Visita guiada pelo Parque Natural
- 12h30 Almoço piquenique de partilha

- 14h00 Visita ao RIAS
- 15h00 Workshops de Yoga do Riso e Zumba
- 16h00 Workshops de Esgrima, Defesa Pessoal e Cross-training

- 16h45 Lanche oferecido pela Nutrilite
- 17h00 Início Festa SUNSET XS
- 17h15 Atuação grupo Hip-hop
- 17h45 Atuação grupo Dança escocesa
- 18h00 Concertos
- 19h25 Sorteio de prémios 
- 19h30 Fecho

Entrada: 3 camaleões (dá direito a participação em todas as atividades, festa SUNSET XS e a sorteio de prémios)
As receitas reverterão integralmente para o RIAS.

Nota: Durante todo o evento iremos ter jogos tradicionais e educativos para crianças, assim como artesãos locais a divulgar os seus produtos.

Venha divertir-se e ajudar uma causa ao mesmo tempo,esperamos por si!




Facebook: https://www.facebook.com/events/288620714645995/


terça-feira, 17 de junho de 2014

Devolução à natureza de duas andorinhas-dos-beirais

Devolução à natureza de duas andorinhas-dos-beirais (Delichon urbicum)
Quinta de Marim - Olhão
7 de  Junho de 2014






As duas andorinhas-dos-beirais foram encontradas em Moura, Beja, após a destruição do seu ninho e foram encaminhadas para o RIAS pelos vigilantes do Parque Natural do Vale do Guadiana. Como eram juvenis, a sua recuperação consistiu em alimentá-las regularmente até que crescessem todas as penas necessárias ao voo. Foram devolvidas à natureza por dois técnicos do RIAS.


Devoluções à Natureza de dia 6 de Junho de 2014

Devolução à Natureza de uma gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim - Olhão
6 de Junho de 2014




Uma gaivota-de-patas-amarelas deu entrada no nosso centro com sintomas de uma doença que causa debilidade e desidratação extremas. O seu tratamento consistiu na administração de fluídos orais e alimentação com pinça, até que comesse sozinha e se aguentasse de pé. Foi posteriormente submetida a treinos de voo, tendo sido libertada por dois voluntários do RIAS.




Devolução à Natureza de um ouriço-cacheiro (Erinaceus europaeus)
Quinta de Marim - Olhão
6 de Junho de 2014


Este ouriço deu entrada no RIAS após ter sido vítima de predação. Como não apresentava danos foi mantido no centro por uns dias de forma a observar o seu comportamento. Tendo em conta que se apresentava bem foi devolvido à natureza pela sua madrinha que lhe deu o nome de "Miky".


Devolução à Natureza de uma águia-d'asa-redonda (Buteo buteo)
Quinta de Marim - Olhão
6 de Junho de 2014



Esta águia foi vítima de cativeiro ilegal em Portimão, tendo sido encaminha para o RIAS pelos vigilantes do Parque Natural da Ria Formosa. Algumas penas tinham sido cortadas e por isso foi necessário enxertar-las. Posteriormente foi submetida a treinos de voo e caça. Foi devolvida à natureza pelos seus padrinhos, que a baptizaram de "Eusébio".





Devolução à Natureza de uma coruja-das-torres (Tyto alba)
Gambelas - Faro
6 de Junho de 2014


Uma coruja-das-torres foi encontrada em Aljustrel totalmente coberta de óleo, tendo sido encaminhada para o RIAS pelo Núcleo de Protecção Ambiental de Aljustrel. O tratamento consistiu em limpar as penas todas o que implicou que o animal fosse sedado para evitar stress e por ser um processo longo. Posteriormente foi submetida a treinos de voo e caça. O animal foi devolvido à natureza pela turma de Mestrado de Economia do Turismo e Desenvolvimento Regional da Universidade do Algarve.




quinta-feira, 12 de junho de 2014

Dia Mundial do Ambiente - Inauguração da exposição "Vida Selvagem do Algarve"


O Dia Mundial do Ambiente comemorou-se no passado dia 5 de Junho e para assinalar esta importante data o RIAS em conjunto com a ANA-Aeroporto de Faro realizaram uma acção no aeroporto do Algarve. O evento consistiu na distribuição de brindes e de folhetos sobre o RIAS e sobre o Parque Natural da Ria Formosa no sentido de informar os visitantes sobre a nossa fauna selvagem. 


Neste dia inaugurou-se também uma exposição fotográfica do autor Thijs Valkenburg (técnico do nosso centro) intitulada "Vida Selvagem do Algarve". A exposição que conta com mais de 15 fotografias de animais da nossa fauna, assim como breves curiosidades sobre as espécies fotografadas e vai estar no local durante três meses.



Mais fotografias deste evento em:

Participação na Feira da Criança e do Ambiente, Olhão



Para assinalar os dias da criança (1 de Junho) e do ambiente (5 de Junho) o município de Olhão organizou a Feira da Criança e do Ambiente nos dias 3, 4, 5, 6 e 9 de Junho.
O nosso centro esteve presente com uma pequena banca com materiais biológicos e educação ambiental. Nestes dias o RIAS interagiu com mais de 12 turmas e cerca de 180 crianças do ensino primário e pré-escolar.




Devolução à Natureza de uma gaivota-de-patas-amarelas

Devolução à Natureza de uma gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim - Olhão
5 de Junho de 2014




A gaivota foi encontrada na zona de Portimão muito débil e desidratada tendo sido encaminhada para o RIAS por um particular. A sua recuperação baseou-se na administração de fluídos orais e comida, até que esta se alimentasse sozinha e se conseguisse pôr de pé. Aproveitámos que uma família passeava pela Quinta de Marim para lhes dar a oportunidade de libertarem um animal que tinha estado em recuperação no nosso centro.



Devolução à Natureza de um coelho-bravo

Devolução à Natureza de um coelho-bravo (Oryctolagus cuniculus)
Quinta de Marim - Olhão
4 de Junho de 2014


Este coelho-bravo foi encontrado na zona de Olhão e apresentava ferimentos de origem desconhecida. O seu tratamento no centro consistiu em limpeza diária dessas lesões e verificação dos seus instintos naturais. Foi libertado por uma técnica do RIAS.




quarta-feira, 11 de junho de 2014

Devoluções à Natureza de dia 31 de Maio 2014

Neste dia o RIAS foi visitado pela Tribo de Exploradores do Grupo 197 de Quelfes de AEP no âmbito da iniciativa de apadrinhamentos de escolas. Os escoteiros visitaram o Centro de Interpretação Ambiental (CIA) e libertaram os animais por eles apadrinhados.

Devolução à Natureza de um ouriço-cacheiro (Erinaceus europaeus)
Quinta de Marim - Olhão
31 de Maio de 2014



O ouriço foi vítima de predação por parte de um cão que lhe causou uma ferida. Foi necessário proceder a uma cirurgia para fechar a lesão. Após o recobro, a sua recuperação consistiu em limpeza diária da zona afectada e administração de antibióticos até à sua cicatrização.


Devolução à Natureza de uma andorinha-dos-beirais (Delichon urbicum)
Quinta de Marim - Olhão
31 de Maio de 2014



A andorinha foi encontrada em Moura, Beja, após a destruição do seu ninho e foi encaminhada para o RIAS pelos vigilantes do Parque Natural do Vale do Guadiana. Como ainda era muito jovem a sua recuperação consistiu em alimentá-la durante o tempo necessário para o crescimento das suas penas de voo. Os seus padrinhos baptizaram-na de "Carolina".



Devolução à natureza de uma andorinha-dos-beirais

Devolução à natureza de uma andorinha-dos-beirais (Delichon urbicum)
Quinta de Marim - Olhão
30 de Maio de 2014



Uma andorinha-dos-beirais foi encontrada por um particular, na zona de Olhão, após ter caído do ninho. A sua recuperação no centro consistiu em alimentá-la até que todas as penas necessárias ao voo crescessem. Foi devolvida à natureza por dois funcionários do RIAS que a baptizaram de "Marrocos".





segunda-feira, 9 de junho de 2014

Devolução à Natureza de uma rela-meridional

Devolução à Natureza de uma rela-meridional (Hyla meridionalis)
Quinta de Marim - Olhão
29 de Maio de 2014





Uma pequena rela-meridional foi capturada acidentalmente e reencaminhada para o RIAS. Verificou-se que o animal não tinha quaisquer lesões e que se encontrava bem e foi imediatamente devolvido à natureza por técnicas do nosso centro.

Semana da Ciência na Escola Básica Tecnopolis, Lagos


No passado dia 28 de Maio o RIAS foi convidado para ir à Escola Tecnopolis de Lagos, no âmbito da Semana da Ciência. Três técnicas do RIAS realizaram duas sessões de educação ambiental em que apresentaram o trabalho do centro e as principais espécies que recebemos.
No final os alunos foram convidados a participar na devolução à natureza de dois andorinhas-dos-beirais apadrinhadas.



Devolução à Natureza de duas andorinhas-dos-beirais (Delichon urbicum)
Escola Básica Tecnopolis - Lagos
28 de Maio de 2014



As duas andorinhas-dos-beirais foram encaminhadas para o RIAS após o seu ninho ter sido derrubado. Eram ainda juvenis e a sua recuperação consistiu em alimentação e espera pelo crescimento das penas necessárias ao voo. Foram devolvidas à natureza na semana da ciência da Escola Básica Tecnopolis de Lagos.



quinta-feira, 5 de junho de 2014

Devolução à Natureza de dois pardais-comuns

Devolução à Natureza de dois pardais-comuns (Passer domesticus)
Quinta de Marim - Olhão
28 de Maio de 2014




Dois pardais-comuns foram encontrados em Quelfes após terem caído do ninho. O processo de recuperação consistiu primeiro em auxiliar na alimentação, posteriormente induzi-los a alimentaram-se sozinhos e por fim a treinos de voo. Os dois pardais foram devolvidos à natureza por um voluntário e por uma técnica do RIAS.


quarta-feira, 4 de junho de 2014

Devolução à Natureza de um sapo-corredor

Devolução à Natureza de um sapo-corredor (Bufo calamita)
Quinta de Marim - Olhão
27 de Maio de 2014



Um sapo-corredor ingresso no RIAS após ter sido encontrado no centro de Olhão. Neste caso o animal apenas se encontrava num local pouco próprio para a sua espécie e após se verificar que se encontrava bem foi imediatamente libertado. Foram dois "pequenos" voluntários que participaram na sua devolução à natureza. 




Devolução à Natureza de uma andorinha-dos-beirais

Devolução à Natureza de uma andorinha-dos-beirais (Delichon urbicum)
Quinta de Marim - Olhão
26 de Maio de 2014




Uma andorinha-dos-beirais ingressou no nosso centro ainda juvenil, após o seu ninho ter sido derrubado. Foi necessário alimentá-la até ao total crescimento das penas necessárias ao voo. A andorinha foi devolvida à natureza por uma técnica do RIAS.

Devolução à Natureza de um andorinhão-preto

Devolução à Natureza de um andorinhão-preto (Apus apus)
Quinta de Marim - Olhão
25 de Maio de 2014



Um andorinhão-preto foi encontrado em Faro. O animal encontrava-se debilitado e a sua recuperação consistiu essencialmente em alimentação até recuperar a condição física. O andorinhão foi devolvido à natureza por um voluntário do RIAS.