O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Devolução à Natureza de duas gaivotas-d'asa-escura

Devolução à Natureza de duas gaivotas-d'asa-escura (Larus fuscus)
Quinta de Marim - Olhão
14 de Dezembro de 2014           

Estas gaivotas-d'asa-escura foram encaminhadas para o RIAS por particulares, que as encontraram em Portimão e Faro. 

Uma delas apresentava sinais avançados de uma doença da qual são sintomas comuns a ausência de movimento dos membros posteriores e anteriores (debilidade), diarreia e desidratação. Apresentava também inflamação num dos olhos. A sua recuperação foi baseada na administração de fluídos, alimentação auxiliada, bem como administração de pomadas oftalmológicas.


A segunda gaivota-d'asa-escura ingressou no centro com suspeita de atropelamento pois, apesar de não apresentar lesões visíveis, não se aguentava de pé durante muito tempo, e parecia "desnorteada". Desta forma a sua recuperação foi baseada na administração de anti-inflamatório e observações periódicas para controlo da sua condição física.

Após todos os tratamentos necessários as duas gaivotas foram submetidas a treinos de voo, tendo sido devolvida à natureza por dois técnicos do RIAS.



Sem comentários: