O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Devolução à Natureza de três pintassilgos-comuns e um pintarroxo-comum

Devolução à Natureza de três pintassilgos-comuns (Carduelis carduelis) e um pintarroxo-comum (Carduelis cannabina)
Quinta de Marim - Olhão
19 de Setembro 2014





A GNR apreendeu estes passeriformes, que se encontravam em cativeiro ilegal, e encaminhou-os para o RIAS. A pessoa que os tinha em cativeiro mantinha-os em gaiolas de madeira e plástico (imagem da esquerda) e alguns dos animais tinham ainda um colete vestido que lhes permitia voar sem sair do sítio (imagem da direita).
Os quatro animais libertados apresentavam-se bem nutridos e com comportamentos normais e foram imediatamente devolvidos à natureza por técnicos do RIAS. No entanto, outros três passeriformes que chegaram juntamente com estes não resistiram.





Aproveitamos para relembrar que é proibido manter em cativeiro qualquer espécie autóctone, sendo esta prática punível por lei. 
Se tiver conhecimento de situações de cativeiro ilegal denuncie ao SEPNA/GNR (SOS Ambiente: 808200520).



Sem comentários: