O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Devolução à Natureza de sete gaivotas-de-patas-amarelas

Devolução à Natureza de sete gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim - Olhão
21 de Agosto de 2014














Cinco destas gaivotas-de-patas-amarelas ingressaram no RIAS após terem caído do ninho muito jovens (vindas de várias cidades do Algarve, como por exemplo Portimão e Lagos, onde as gaivotas fazem ninhos nos prédios). A sua recuperação consistiu em alimentá-las até que crescessem todas as penas necessárias ao voo. 



As outras gaivotas foram encaminhadas para o centro, uma com sintomas de debilidade, e outra com fractura numa das asas. À primeira foi necessário assisti-la na sua alimentação até que se conseguisse por de pé e alimentar-se sozinha. Em relação à segunda gaivota, a asa fracturada foi imobilizada até que sarasse.



Após os tratamentos necessários, todas as gaivotas foram submetidas a treinos de voo. Uma destas foi libertada por quem a encontrou, e as restantes gaivotas por visitantes do Parque Natural da Ria Formosa.


video



Sem comentários: