O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Visita de uma turma do Colégio Bernardete Romeira ao RIAS



Uma turma do colégio Bernardete Romeira de Olhão visitou o Centro de Interpretação Ambiental do RIAS para aprender mais sobre o trabalho dos centro de recuperação de fauna selvagem e sobre algumas espécies de aves, mamíferos e répteis. Depois da pequena apresentação as crianças participaram na devolução à natureza de uma gaivota-de-patas-amarelas recuperada no RIAS (ver abaixo).


Devolução à Natureza de uma gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim - Olhão
14 de Julho de 2014




Esta gaivota-de-patas-amarelas foi encontrada na Guia, por um particular, com sintomas de uma doença que afecta a sua locomoção. Esta doença causa desidratação e fraqueza extremas, pelo que a gaivota não se conseguia alimentar nem colocar de pé. O seu tratamento consistiu inicialmente na administração de fluídos para a sua hidratação, e alimentação assistida com uma pinça até que esta fosse capaz de se alimentar sozinha. Posteriormente foi submetida a treinos de voo. Os pequenos visitantes do CIA deram-lhe o nome de "Tsunami".


Sem comentários: