O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Devoluções à Natureza de dia 31 de Maio 2014

Neste dia o RIAS foi visitado pela Tribo de Exploradores do Grupo 197 de Quelfes de AEP no âmbito da iniciativa de apadrinhamentos de escolas. Os escoteiros visitaram o Centro de Interpretação Ambiental (CIA) e libertaram os animais por eles apadrinhados.

Devolução à Natureza de um ouriço-cacheiro (Erinaceus europaeus)
Quinta de Marim - Olhão
31 de Maio de 2014



O ouriço foi vítima de predação por parte de um cão que lhe causou uma ferida. Foi necessário proceder a uma cirurgia para fechar a lesão. Após o recobro, a sua recuperação consistiu em limpeza diária da zona afectada e administração de antibióticos até à sua cicatrização.


Devolução à Natureza de uma andorinha-dos-beirais (Delichon urbicum)
Quinta de Marim - Olhão
31 de Maio de 2014



A andorinha foi encontrada em Moura, Beja, após a destruição do seu ninho e foi encaminhada para o RIAS pelos vigilantes do Parque Natural do Vale do Guadiana. Como ainda era muito jovem a sua recuperação consistiu em alimentá-la durante o tempo necessário para o crescimento das suas penas de voo. Os seus padrinhos baptizaram-na de "Carolina".



Sem comentários: