O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Devolução à Natureza de 5 cágados-mediterrânicos

Devolução à Natureza de 5 cágados-mediterrânicos (Mauremys leprosa)
Quinta de Marim - Olhão
25 de Setembro 2013


No âmbito do Projecto LIFE + Trachemys  têm sido feitas diversas acções de formação e workshops para sensibilizar o público sobre a problemática dos cágados invasores e a importância da conservação das espécies autoctónes. Temos muito orgulho em dizer que temos um feedback muito positivo, nomeadamente, pessoas que tinham cágados autoctónes em cativeiro (o que é ilegal e punível por lei) entregaram os seus animais no RIAS para que os mesmos pudessem ser recuperados e posteriormente devolvidos à natureza.
Assim, no passado dia 24 de Setembro, elementos da equipa do RIAS e uma visitante do CIA devolveram 5 cágados-mediterrânicos à natureza baptizado-os de "Leonardo", "Donatello", "Rafael", "Michelangelo" e "Splinter". 

video


sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Devolução à Natureza um camaleão

Devolução à Natureza de um camaleão (Chamaeleo chamaeleon)
Quinta de Marim - Olhão
25 de Setembro 2013



Um camaleão chegou ao RIAS depois de ser reencaminhado de Lisboa onde se encontrava em cativeiro. O animal encontrava-se bem fisicamente pelo que foi imediatamente devolvido à natureza num local adequado à sua espécie. Um visitante ajudou na sua libertação e baptizou-o de "Grinch".
  

video


quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Devolução à Natureza de um galeirão-comum

Devolução à Natureza de um galeirão-comum (Fulica atra)
Quinta de Marim - Olhão
24 de Setembro 2013


Um galeirão-comum foi encontrado na zona de Albufeira e reencaminhado para o RIAS por se encontrar muito debilitado. A sua recuperação consistiu em alimentação até se encontrar em boas condições físicas.
O galeirão foi devolvido à natureza por visitantes do CIA que o baptizaram de "Dennis".

video

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Devoluções à Natureza de dia 16 de Setembro

Devolução à Natureza de um gavião (Accipiter nisus)
Quinta de Marim, Olhão
16 de Setembro 2013


Um gavião ingressou no RIAS depois de ter sido encontrado em Marmelete pelos Bombeiros. O gavião apresentava uma fractura na asa e o seu tratamento consistiu em imobilizar a zona afectada até a lesão cicatrizar. Quando se verificou a sua cicatrização o animal foi submetido a treinos de voo e caça.
Elementos da equipa do RIAS devolveram o animal à natureza e baptizaram-no de "Papi Chulo".
Esta libertação foi um marco na história do RIAS, pois foi o primeiro gavião recuperado no centro com sucesso.

video

  
Devolução à Natureza de um bufo-real (Bubo bubo)
Santa Catarina, Tavira
16 de Setembro 2013



Um bufo-real foi encontrado na zona de Portimão e chegou ao RIAS com um trauma. A lesão era no ombro esquerdo e foi necessário imobilizar a zona afectada. Depois de recuperado da lesão, o animal efectuou treinos de voo e de caça juntamente com outro bufo-real. Um técnico do RIAS devolveu o bufo à natureza, baptizando-o de "Vinagre".


video


Devolução à Natureza de duas corujas-do-mato (Strix aluco)
Santa Catarina, Tavira
16 de Setembro 2013




Uma das corujas-do-mato foi encontrada em Faro pelo SEPNA. O animal apresentava um olho muito inflamado e projectado para fora. Na impossibilidade de se tratar o olho foi necessário proceder-se a uma cirurgia para a sua remoção. 
A segunda foi encontrada em Olhão por um particular que a reencaminhou para os vigilantes do Parque Natural da Ria Formosa. O individuo era ainda juvenil e tinha caído do ninho, não apresentando lesões. Foi necessário alimentá-la até que crescessem todas as penas necessárias ao voo.
A fase final da recuperação foi comum às duas corujas: treinos de voo e de caça.
Uma técnica e uma voluntária do RIAS procederam à sua devolução à natureza e baptizaram-nas de "Loren" e "BigMac", respectivamente.

video

Devolução à Natureza de uma coruja-das-torres (Tyto alba)
Santa Catarina, Tavira
16 de Setembro 2013



Uma coruja-das-torres foi encontrada em S. Bartolomeu de Messines pelo SEPNA de Silves. O animal tinha sido apanhado numa armadilha e apresentava um lesão por compressão na ponta da asa esquerda com hematoma e edema. Foi necessário aplicar um tratamento especifico no local da ferida e posteriormente foi submetida a treinos de voo e caça.
A coruja foi devolvida à natureza por uma técnica do RIAS que a baptizou  de "Vagalume".


video


Devolução à Natureza de 2 Gansos-Patola

Devolução à Natureza de 2 gansos-patola (Morus bassanus)
Ao largo da Ilha da Armona - Olhão
15 de Setembro 2013



Um ganso-patola foi encontrado numa praia em Albufeira por um particular que depois reencaminhou o animal para o SEPNA/GNR de Albufeira. O motivo de ingresso no RIAS foi por debilidade/desnutrição, pelo que o seu tratamento consistiu em alimentá-lo e administrar-lhe um antifúngico até se encontrar em boas condições físicas.
O outro ganso-patola ingressou pelo mesmo motivo e procedeu-se ao mesmo tratamento. Este animal tinha sido encontrado em Monte Gordo por um particular que o reencaminhou para o SEPNA/GNR de Tavira.  
Esta espécie  tem a particularidade de quase nunca vir a terra, passando grande parte da sua vida em alto mar, por esse motivo ambos os indivíduos foram devolvidos à natureza no mar ao largo da Ilha da Armona por elementos da equipa do RIAS e da empresa King Chamaeleon. Foram baptizados de "Patolas" e "Chamaeleon".

Esta devolução à natureza teve o apoio da empresa King Chamaeleon a quem voltamos a agradecer!

 
video

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Participação do RIAS numa actividade da LPN no CEAVG

No passado dia 14 de Setembro o RIAS foi convidado a participar na actividade "Anatomia do Voo" (Biologia no Verão), desenvolvida pela LPN de Castro Verde no Centro de Educação Ambiental de Vale Gonçalinho.

Neste âmbito o RIAS devolveu à natureza uma coruja-das-torres, uma águia-d'asa-redonda e um bufo-real.


Devolução à Natureza de uma águia-d'asa-redonda (Buteo buteo)
Castro Verde - Beja
14 de Setembro 2013



Uma águia-d'asa-redonda ingressou no RIAS depois de ter sido encontrada no concelho de Beja. O animal apresentava um fractura na zona da clavícula direita pelo que foi necessário imobilizar a asa até a fractura cicatrizar. Posteriormente foi submetida a treinos de voo e de caça.
Foi devolvida por um participante da actividade que a baptizou de "Garras".




video

Devolução à Natureza de uma coruja-das-torres (Tyto alba)
Castro Verde - Beja
14 de Setembro 2013



Uma coruja-das-torres foi recolhida pela GNR de Beja na freguesia de Salvador. O animal ainda era juvenil e tinha sofrido uma queda do ninho, mas não apresentava lesões. O seu tratamento consistiu em alimentação até que as penas necessárias ao voo crescessem e posteriormente treinos de voo e caça. Uma criança que participou na acção devolveu-a à natureza baptizando-a de "Rubi".



video


Devolução à Natureza de um bufo-real (Bubo bubo)
Castro Verde - Beja
14 de Setembro 2013



Um bufo-real foi entregue voluntariamente por um particular que o tinha em cativeiro ilegal. O animal tinha as terminações das penas cortadas e apresentava fracturas antigas na asa direita. Foi necessário esperar que as penas crescessem e posteriormente o animal foi submetido a treinos de voo e caça.
Foi também devolvido à natureza por um participante da actividade que o baptizou de "Darth Vader".

video


Devoluções à Natureza de dia 14 de Setembro

Devolução à Natureza de uma gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim, Olhão
14 de Setembro 2013




Uma gaivota-de-patas-amarelas foi encontrada na zona de Lagos por um particular que a reencaminhou para o RIAS. O animal estava debilitado e foi necessário alimentar até se encontrar em boas condições físicas. 
A gaivota foi devolvida à natureza pelos particulares que a encontraram e foi baptizada de "Laura".


video


Devolução à Natureza de 2 corvos (Corvus corax)
Piçarral - Castro Marim
14 de Setembro 2013



Um dos corvos chegou ao RIAS por meio de um particular que o tinha em cativeiro ilegal e que o entregou voluntariamente.
O outro animal foi encontrado em Moura e reencaminhado para o RIAS pelos vigilantes do Parque Natural do Vale do Guadiana. Apresentava lesões na cabeça, nomeadamente, na língua, boca e olhos, compatíveis com doença. Foi necessário tratá-lo com gotas de antibiótico para os olhos e tratamento para combater Trichomonas.
Ambos foram devolvidos à natureza por técnicos do RIAS que os baptizaram de "Ragnar Lodbrok" e de "John Snow".

video

Devolução à Natureza de um mocho-galego (Athene noctua)
Castro Verde - Beja
14 de Setembro 2013




Um mocho-galego foi encontrado em Castro Verde e reencaminhado para o RIAS pelos técnicos da LPN. O animal tinha um trauma na cabeça que lhe afectou o olho. Foi necessário submetê-lo a uma cirurgia para remover o olho afectado e aplicar tratamento específico.
O animal foi devolvido à natureza por um particular que o baptizou de "Fábio".


Devolução à Natureza de um bufo-pequeno (Asio otus)
Castro Verde - Beja
14 de Setembro 2013



Um bufo-pequeno foi encontrado na zona de Mértola. O animal, ainda juvenil, tinha caído do ninho e não apresentava lesões. A sua recuperação consistiu em alimentação até crescerem as penas necessárias ao voo e posteriores treinos de voo e de caça.
O animal foi devolvido à natureza por técnico do RIAS que o baptizou de "Pantuminero".


quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Devolução à Natureza de um guincho-comum

Devolução à Natureza de um guincho-comum (Larus ridibundus)
Quinta de Marim - Olhão

13 de Setembro 2013
 


Um guincho-comum foi encontrado na freguesia de Quarteira e reencaminhado até ao RIAS. O motivo de ingresso foi doença gastrointestinal que provocava no animal diarreia e debilidade extrema impossibilitando a locomoção. Foi necessário tratá-lo com antibióticos e alimentá-lo até se encontrar em boas condições físicas.
O guincho foi devolvido à natureza por visitantes do CIA.


video

 

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Devoluções à Natureza de dia 12 de Setembro

Devolução à Natureza de uma gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim, Olhão
12 de Setembro 2013


Uma gaivota-de-patas-amarelas foi encontrada em Vilamoura e trazida até ao RIAS por um particular. O animal juvenil chegou desnutrido/debilitado e o seu tratamento consistiu em alimentação adequada e seguimento da sua condição corporal.
Quando a sua recuperação ficou concluída o animal foi devolvido à natureza pelas pessoas que o encontraram e que o baptizaram de "Up".



video



Devolução à Natureza de um camaleão (Chamaeleo chamaeleon)
Quinta de Marim, Olhão
12 de Setembro 2013




Um camaleão foi entregue no RIAS depois de ter estado em cativeiro. Foi necessário avaliar a condição corporal do animal e ensiná-lo a comer sozinho. Quando se verificou que tinha as condições necessárias para sobreviver na natureza o animal foi libertado pelo casal que o entregou no RIAS e que o baptizou de "Jo".

video

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Entrega do donativo da Campolina ao RIAS

O consultório veterinário Campolina (Alfandanga, Olhão) desenvolveu durante o mês de Agosto uma campanha no facebook para apoiar o RIAS. A iniciativa consistia em doar ao RIAS 0,10€ por cada "Gosto" que fosse feito na página do consultório veterinário durante esse mês.

Estamos muito contentes em poder dizer que a campanha foi um sucesso e que o RIAS angariou 106,80€ num total de 1068 "gostos".


Não podemos deixar de agradecer ao Consultório Campolina e a todos os amigos do RIAS que participaram nesta campanha.
 Obrigada!


Para celebrar esta parceria, no passado dia 11 de Setembro os representantes do consultório veterinário devolveram à natureza uma gaivota-de-patas-amarelas e 
uma gaivota-de-asa-escura que foram baptizadas de Matilde e Clotilde.



video

Devolução à Natureza de um mocho-de-orelhas

Devolução à Natureza de um mocho-de-orelhas (Otus scops)
Quinta de Marim - Olhão

5 de Setembro 2013



Um mocho-de-orelhas foi encontrado e reencaminhado para o RIAS por vigilantes do Parque Natural do Vale do Guadiana. O mocho era ainda juvenil e tinha caído do ninho. Não apresentava lesões e a sua reabilitação consistiu em alimentação até que as penas de voo crescessem completamente e posterior treinos de voo e de caça.
O animal foi devolvido à natureza pela veterinária do RIAS que o baptizou de "Tomelloso" em homenagem à sua cidade natal.


Sendo esta espécie migratória é nesta altura do ano que estas aves iniciam a deslocação para Sul (África) passando aqui pelo Algarve. Aproveite para conhecer esta ave tão curiosa no seguinte link: http://www.avesdeportugal.info/otusco.html


video

Devolução à Natureza de um andorinhão-pálido

Devolução à Natureza de 1 andorinhão-pálido (Apus pallidus)
Quinta de Marim - Olhão
4 de Setembro 2013


Um andorinhão-pálido ingressou no RIAS trazido por um particular que o encontrou na zona de Moncarapacho, após ter caído do ninho. O animal não apresentava ferimentos pelo que a sua recuperação consistiu em alimentação até atingir uma condição corporal adequada à espécie e até ao crescimento completo das penas de voo.
O particular que o encontrou devolveu-o à natureza.

video






quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Curso de Iniciação à Identificação e Ecologia de Répteis e Anfíbios, 3ª edição



Todas as informações e inscrições disponíveis AQUI!!!

Inscreve-te já!!!!

Festival de Observação de Aves e Actividades de Natureza, Sagres

Festival de Observação de Aves e Actividades de Natureza, 4ª Edição
4, 5 e 6 de Outubro de 2013
Sagres

 
A SPEA e a Almargem organizam pelo quarto ano o Festival de Observação de Aves, este ano com uma vertente de actividades de Natureza. O RIAS vai colaborar mais uma vez nesta iniciativa com a organização de diversas  actividades.
 
 
As actividades que o RIAS vai dinamizar são:
5 Outubro
Mini-curso de iniciação à identificação de aves limícolas - Thijs Valkenburg
Workshop: Ver para Aprender- Conheça as adaptações das aves ao seu habitat - Fábia Azevedo
Mini-curso de identificação e ecologia de répteis e anfíbios - Bruno H. Martins
 
6 Outubro
Devolução à natureza de aves selvagens recuperadas no RIAS - Thijs Valkenburg e Fábia Azevedo
Percurso para observação de aves "Aves de Cabranosa e Vale Santo" - Thijs Valkenburg  

 

Consulte o programa completo e todas as informações no site oficial do festival: http://birdwatchingsagres.com/.

Participe e divulgue esta iniciativa!!
 

Devolução à Natureza de um peneireiro-vulgar

Devolução à Natureza de um peneireiro-vulgar (Falco tinnunculus)
Quinta de Marim - Olhão

4 de Setembro2013

 

Um peneireiro ingressou no RIAS entregue por um particular de Faro. O animal sofreu uma colisão com um vidro de uma casa ficando desorientado e com pequenas feridas na zona do bico e cabeça. O tratamento consistiu na desinfeção dos seus ferimentos e espera que crescessem as penas das zonas afectadas.
O animal foi devolvido à natureza com a colaboração de crianças da instituição "CASA" da delegação de Faro, que visitaram o CIA. O peneireiro foi baptizado de "CASA Hércules".
 
 
 
 
video
 

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Devolução à Natureza de 1 cágado-de-carapaça-estriada e 2 cágados-mediterrânicos

Devolução à Natureza de 1 cágado-de-carapaça-estriada (Emys orbicularis) e 2 cágados-mediterrânicos (Mauremys leprosa)
Quinta do Lago Sul, Almancil
30 de Agosto 2013


No âmbito do Projecto LIFE Trachemys ingressaram no RIAS, três cágados das nossas espécies autóctones.
O cágado-de-carapaça-estriada foi encontrado no lago do Jardim Pescador Olhanense onde um particular que o tinha em cativeiro ilegal o colocou. 
video

Relativamente aos cágados-mediterrânicos, um deles chegou ao RIAS por intermédio de uma particular de Olhão que o encontrou. Apresentava uma fractura no quadrante posterior esquerdo da carapaça, mas sem qualquer prejuízo para os membros. Foi necessário aplicar tratamento especifico para cicatrizar a fractura.
O outro cágado-mediterrânico, encontrava-se também em cativeiro ilegal mas não apresentava nenhuma lesão pelo que o seu tratamento consistiu apenas em socialização com outros cágados para se comprovar que ainda tinha os instintos naturais para sobreviver na natureza.
Os animais foram devolvidos à natureza por um dos técnicos do projecto.


video


video