O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Devolução à Natureza de 3 gaivotas-de-patas-amarelas e 3 gaivotas-d'asa-escura

Devolução à Natureza de 3 gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis) e 3 gaivotas-d'asa-escura (Larus fuscus)
Quinta de Marim - Olhão
4 de Dezembro de 2013



As gaivotas ingressaram no RIAS vindas de diferentes partes do Algarve, desde Albufeira à Manta Rota e foram entregues por particulares, por vigilantes da Natureza do Parque Natural da Ria Formosa e pelo SEPNA de Tavira. Cinco delas apresentavam sintomas de doença, que lhes provocava debilidade e incapacidade de se alimentarem sozinhas. Foi necessário aplicar tratamento especifico e administração de fluídos. A outra, uma gaivota-de-patas-amarelas juvenil, tinha sofrido uma queda de ninho e a sua recuperação consistiu em alimentação e treinos de voo, juntamente com as restantes.
Os animais foram devolvidos à Natureza por voluntários e colaboradores do RIAS e por um casal de visitantes do CIA.





1 comentário:

Anónimo disse...

Recolhemos uma destas Gaivotas, em dificuldades, na praia de Manta Rota este Verão.

Este é o melhor presente de Natal de sempre.

Parabéns pelo vosso trabalho.