O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Devolução à natureza de 2 gaivotas-d'asa-escura e 2 gaivotas-de-patas-amarelas

Devolução à natureza de 2 gaivotas-d'asa-escura (Larus fuscus) e 2 gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim - Olhão
20 de Dezembro de 2013



           
 





As gaivotas-d'asa-escura foram encontradas uma em Olhão e a outra na Ilha Deserta, ambas com lesões. Uma delas chegou ferida com linha e anzol e a outra apresentava uma lesão antiga na pata direita que não permitia o apoio normal da pata afectada no chão. Em ambos os casos foi necessário tratamento localizado na zona afectada, alimentação e posteriores treinos de voo. 
Relativamente às gaivotas-de-patas-amarelas ambas foram encontradas em Portimão, uma pela equipa do SEPNA e outra por um particular. A primeira apresentava sintomas de doença que lhe causava debilidade e foi submetida a fluidoterapia. O outro individuo tinha uma lesão antiga no fémur esquerdo e tal como nas gaivotas-d'asa-escura foi efectuado tratamento especifico na lesão. Posteriormente foram também submetidas a treinos de voo.
Foram devolvidas à natureza por técnicos e voluntários do RIAS.



Sem comentários: