O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Devoluções à Natureza de dia 14 de Setembro

Devolução à Natureza de uma gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim, Olhão
14 de Setembro 2013




Uma gaivota-de-patas-amarelas foi encontrada na zona de Lagos por um particular que a reencaminhou para o RIAS. O animal estava debilitado e foi necessário alimentar até se encontrar em boas condições físicas. 
A gaivota foi devolvida à natureza pelos particulares que a encontraram e foi baptizada de "Laura".


video


Devolução à Natureza de 2 corvos (Corvus corax)
Piçarral - Castro Marim
14 de Setembro 2013



Um dos corvos chegou ao RIAS por meio de um particular que o tinha em cativeiro ilegal e que o entregou voluntariamente.
O outro animal foi encontrado em Moura e reencaminhado para o RIAS pelos vigilantes do Parque Natural do Vale do Guadiana. Apresentava lesões na cabeça, nomeadamente, na língua, boca e olhos, compatíveis com doença. Foi necessário tratá-lo com gotas de antibiótico para os olhos e tratamento para combater Trichomonas.
Ambos foram devolvidos à natureza por técnicos do RIAS que os baptizaram de "Ragnar Lodbrok" e de "John Snow".

video

Devolução à Natureza de um mocho-galego (Athene noctua)
Castro Verde - Beja
14 de Setembro 2013




Um mocho-galego foi encontrado em Castro Verde e reencaminhado para o RIAS pelos técnicos da LPN. O animal tinha um trauma na cabeça que lhe afectou o olho. Foi necessário submetê-lo a uma cirurgia para remover o olho afectado e aplicar tratamento específico.
O animal foi devolvido à natureza por um particular que o baptizou de "Fábio".


Devolução à Natureza de um bufo-pequeno (Asio otus)
Castro Verde - Beja
14 de Setembro 2013



Um bufo-pequeno foi encontrado na zona de Mértola. O animal, ainda juvenil, tinha caído do ninho e não apresentava lesões. A sua recuperação consistiu em alimentação até crescerem as penas necessárias ao voo e posteriores treinos de voo e de caça.
O animal foi devolvido à natureza por técnico do RIAS que o baptizou de "Pantuminero".


Sem comentários: