O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

O camaleão mais pequeno...


O camaleão (Chamaeleo chamaeleon) é o símbolo do nosso centro. Na época de Verão é comum ingressarem no RIAS camaleões devido a capturas acidentais, cativeiro ilegal, atropelamentos, etc. Mas hoje ingressou um camaleão especial! O individuo mais pequeno que alguma vez ingressou no RIAS ou foi visto pelos nossos colaboradores.
O pequeno juvenil pesa apenas 1,2g e é mais pequeno que o dedo indicador de um adulto.




 

2 comentários:

digfish disse...

Fico curioso em saber se os juvenis acabados de eclodir já têm a mesma capacidade de camuflagem que os adultos. Como não existe nenhuma espécie de cuidado parental, suponho que eles estejam praticamente aptos para o fazer.

RIAS disse...

Os camaleões são de facto autónomos desde o momento em que nascem, por isso já possuem todas as capacidades de defesa necessárias que com o crescimento se vão desenvolvendo e tornando mais evidentes.