O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Devoluções à Natureza: 3 de Julho de 2013

Devolução à Natureza de 8 Gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis) e 1 Gaivota-d'asa-escura (Larus fuscus)
Quinta de Marim - Olhão
3 de Julho de 2013
 

 
Oito gaivotas-de-patas-amarelas e uma gaivota-d'asa-escura ingressaram no RIAS todas devido a doença gastrointestinal, sendo que três foram encontradas em Portimão por diversos particulares, uma chegou de Lagoa e cinco foram encontradas no concelho de Albufeira. A sua recuperação consistiu em tratamento especifico para a doença e fluidoterapia. As oito gaivotas foram devolvidas à natureza por técnicos do RIAS.
 
 
 

Devolução à Natureza de 1 Andorinhão-preto (Apus apus)
Quinta de Marim - Olhão
3 de Julho de 2013

 
 
Um andorinhão-preto juvenil ingressou no RIAS devido a ter sofrido uma queda do ninho. O animal foi encontrado no concelho de Olhão por uma particular. A sua recuperação consistiu em alimentação até completar o total crescimento das penas de voo.
O animal foi devolvido pela senhora que o encontrou e que o baptizou de "Papageno".
 
video


A Associação ALDEIA, que gere o RIAS desde 2009, completou este ano 10 anos de funcionamento e como tal, o RIAS comemorou esta data simbolicamente com a devolução à Natureza destes 10 animais recuperados!



Parabéns ALDEIA e parabéns a todos os que têm tornado possível o crescimento e sucesso desta nossa associação!

Sem comentários: