O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 16 de julho de 2013

Devoluções à Natureza: 30 de Abril de 2013

Devolução à Natureza de 4 Francelhos (Falco naumanni)
Centro de Educação Ambiental do Vale Gonçalinho - Castro Verde
30 de Abril de 2013


Estes pequenos falcões deram entrada no RIAS no Verão passado provenientes da colónia de Francelhos do Vale Gonçalinho em Castro Verde depois de terem caído do ninho. Foram entregues pela equipa da LPN do Centro de Educação Ambiental do Vale Gonçalinho. 

Depois de um ano de crescimento no centro de recuperação e após se confirmar que estavam a voar e a caçar em perfeitas condições foram devolvidos à Natureza. Essa acção foi realizada pela equipa da LPN de Castro Verde. 




Devolução à Natureza de um Falcão-peregrino (Falco peregrinus)
Minas de São Domingos - Mértola
30 de Abril de 2013



Este falcão-peregrino deu entrada no nosso centro no dia 12 de Fevereiro de 2013 com suspeita de tiro, sendo proveniente do Parque Natural do Vale do Guadiana. No exame clínico inicial detectou-se uma fractura do metatarso esquerdo. Devido a isso, foi acompanhado diariamente com tratamento médico específico até à recuperação da lesão. Posteriormente foi transferido para um câmara exterior de forma a praticar o voo e a caça até estar novamente apto a sobreviver na natureza. 


A devolução à Natureza foi realizada em conjunto com uma turma de uma escola da região e em parceria com o Parque Natural do Vale do Guadiana a quem desde já agradecemos o apoio prestado. No momento da libertação os alunos deram o nome de "Rita" ao animal. 




Devolução à Natureza de Grifo (Gyps fulvus)
Alcaria Ruiva - Mértola
30 de Abril de 2013




Este Grifo chegou ao RIAS no dia 12 de Janeiro de 2013 devido a cativeiro ilegal, tendo sido entregue no centro por particulares. Não foram detectadas quaisquer lesões físicas ou psicológicas pelo que o seu tratamento consistiu apenas em alimentação adequada e exercícios de voo para recuperar e, posteriormente, controlar a sua condição física. 

A sua devolução à Natureza foi realizada em Alcaria Ruiva, tendo sido baptizado de "Gaga" pelos particulares que o entregaram no centro.


Sem comentários: