O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Exposição Fotográfica: Viver para Voar no Centro de Ciência Viva do Algarve, Faro

Exposição Fotográfica: Viver para Voar
Centro de Ciência Viva do Algarve, Faro
3 a 31 de Agosto



Amanhã, dia 3 de Agosto será inaugurada a exposição fotográfica: Viver para Voar, da autoria do nosso colaborador Thijs Valkenburg. A exposição tem entrada livre e estará patente no Centro de Ciência Viva do Algarve (CCVAlg) até ao final de Agosto. 


A inauguração está inserida nas comemorações do 15º Aniversário do Centro de Ciência Viva do Algarve e consistirá numa palestra intitulada "Técnicas de Observação e Fotografia de Aves" amanhã às 15h.


Através desta exposição convidamo-lo a entrar no mundo alado das aves que existem em Portugal.

Venha descobrir algumas espécies que vivem nos mais variados habitats do nosso país, desde o mar até às montanhas, passando pelas dunas, salinas, lagos e florestas.


Algumas bastante vistosas como o colorido Abelharuco, outras mais cativantes devido à sua escassez como a Cagarra, ou ainda devido à sua dificuldade de observação como o Goraz com os seus hábitos nocturnos.


Nas suas expedições ornitológicas, Thijs Valkenburg, registou algumas das mais belas aves de Portugal que dá a conhecer através destas fotografias.

Sobre o autor

Thijs Valkenburg, nasceu em Silves em 1987 sendo de origem holandesa. Ganhou o fascínio pelas aves com o pai e irmão que sempre tiveram interesse nesta área. Em 2000, quando adquiriu os seus primeiros binóculos, a sua curiosidade foi intensificada e assim iniciou a sua verdadeira descoberta do mundo das aves. Alguns anos mais tarde começou a colaborar com vários projectos existentes em Portugal como o Atlas de Aves Nidificantes de Portugal e a recolha de dados para o Centro de Estudos de Migrações e Proteção das Aves (CEMPA) através da anilhagem científica.
Após a conclusão do ensino secundário foi para a Holanda onde frequentou um curso profissional de Técnico Ambiental e Florestal, tendo realizado vários estágios curriculares na área da ornitologia em diferentes projectos tanto na Holanda como em Portugal, nomeadamente o projecto Puffinus na Madeira e o projecto LIFE-Priolo nos Açores promovido pela Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA), entidade com a qual colabora activamente há vários anos.
De regresso a Portugal em 2008, iniciou a sua colaboração com a Associação ALDEIA, através do Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa onde actualmente desenvolve projectos de anilhagem, marcação e seguimento de animais recuperados, monitorização e conservação de fauna selvagem.
Sentindo necessidade de registar através de imagens os comportamentos das aves observadas, Thijs empreendeu o seu percurso de fotógrafo amador de Natureza. Ao longo do tempo e à medida que foi ganhando experiência na fotografia, o seu trabalho foi sendo reconhecido tendo já publicado algumas imagens em várias revistas nacionais e internacionais.

Sem comentários: