O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Libertações: 18 de Julho de 2012

Devolução à Natureza de um andorinhão-preto (Apus apus) e de uma cegonha-branca (Ciconia ciconia)
Quinta de Marim, Olhão
18 de Julho de 2012




Este andorinhão-preto deu entrada no RIAS após ter caído do ninho em Olhão. Foi recolhido e encaminhado para o centro pelos Vigilantes da Natureza do Parque Natural da Ria Formosa. Aqui no RIAS foi alimentado regularmente com insectos até ao crescimento total das penas de voo. No final do seu processo de recuperação foi ainda sujeito a treinos de voo.


Foi libertado pela Rita Medeiros, designer das t-shirts "A Côr do Camaleão" à venda no Centro de Interpretação Ambiental do RIAS. 



Esta cegonha foi recolhida em Olhão também pelos Vigilantes da Natureza do Parque Natural da Ria Formosa. Tratava-se de um juvenil deste ano e apresentava um dos dedos da pata amputado, provavelmente por ter ficado presa em linhas ou cordas. O seu tratamento consistiu em limpeza e curativo da pata até a ferida estar fechada. Posteriormente foi colocada numa instalação exterior juntamente com outras cegonhas onde treinou o voo. 



Foi libertada por técnicos e voluntários do RIAS na Quinta de Marim.



Devolução à Natureza de um mocho-galego (Athene noctua)
18 de Julho de 2012
Silves

Este pequeno mocho-galego foi recolhido na zona de Alvor por uma particular, havendo suspeita de atropelamento. Foi imediatamente encaminhado para o RIAS pela pessoa que o encontrou. O seu processo de recuperação consistiu em repouso e alimentação adequada uma vez que não tinha nenhuma fractura quando aqui chegou. Posteriormente foi transferido para uma instalação de maiores dimensões onde lhe foi possível treinar o voo e caça juntamente com outros mochos. 



Foi devolvido à Natureza pela particular que o recolheu. 

Sem comentários: