O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Libertação: 25 de Abril de 2012

Devolução à natureza de 1 pato-real (Anas platyrhynchos)
Quinta de Marim, Olhão


Esta ave deu entrada no centro no dia 29 de Fevereiro após ter sido encontrada por um particular em Castro Marim com ferimentos na asa esquerda e recolhido por um vigilante da natureza do Parque Natural da Ria Formosa.

Ao ser examinado pelos veterinários verificou-se que apresentava uma fractura no rádio esquerdo, possivelmente provocada por um tiro devido a uma laceração oval da pele dorsalmente, e fractura oblíqua do tarsometatarso esquerdo. Face a estes sinais clínicos o seu plano de recuperação consistiu na limpeza e desinfecção da área lesionada e imobilização da mesma.

Após a recuperação da lesão foi transferida para uma câmara exterior com um charco onde pode treinar o voo e receber alimentação regular. Assim que se verificou que a ave voava naturalmente, os técnicos do centro procederam à sua devolução à natureza que contou com a presença de um grupo de crianças que se encontravam no Parque Natural da Ria Formosa. O pato-real foi então baptizado de 25 de Abril e marcado com uma marca nasal com o código VL4VL.




Sem comentários: