O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quarta-feira, 21 de março de 2012

Libertações: 20 de Março de 2012

Devolução à natureza de 2 corujas-das-torres (Tyto alba)
Quinta de Marim, Olhão


Estas duas corujas deram entrada no RIAS entre Janeiro e Fevereiro após terem sido entregues por vigilantes do Parque Natural de Vale do Guadiana.

A equipa medico-veterinária detectou ataxia (irregularidade na coordenação motora) em ambas as aves, sinal clínico que vai de acordo com traumatismo craniano, possivelmente devido a alguma colisão.

Face aos sinais clínicos que apresentavam foram mantidas numa câmara de pequenas dimensões onde receberam alimentação. Após se verificar alguma melhoria na coordenação motora foram transferidas para uma câmara de média dimensão onde receberam alimentação e puderam treinar o voo. No processo final da recuperação foram transferidas para uma câmara exterior de grandes dimensões onde puderam treinar o voo e a caça.

As suas libertações realizaram-se na Quinta de Marim na presença das madrinhas, que as baptizaram de Otília e Sortuda.



Sem comentários: