O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 6 de março de 2012

Libertação: 2 de Março de 2012

Devolução à natureza de 2 cágados-mediterrânicos (Mauremys leprosa)
Quinta de Marim, Olhão


No dia 1 de Março deram entrada no centro um neonato e um adulto de cágado-mediterrânico. O neonato foi encontrado por um técnico do RIAS na estação de lavagem do centro, possivelmente por ter nascido recentemente perto do mesmo. O adulto foi recolhido no interior do lago do jardim Patrão Joaquim Lopes, normalmente conhecido por "jardim dos patinhos", pelo facto de ser proibido a manutenção em cativeiro de espécies selvagens que ocorrem naturalmente em Portugal.

Visto que ambos não apresentavam nenhum tipo de lesões físicas, receberam alimentação durante um dia e realizou-se uma libertação conjunta no lago da sede do Parque Natural da Ria Formosa. Este local foi escolhido pelo facto de apresentar as condições ideais para a manutenção desta espécie e pelo registo da sua ocorrência no lago.

A libertação foi realizada pela Joana Lopes e pela Susana Soares, duas estagiárias de Biologia e Medicina-Veterinária que, durante 6 meses, realizaram um estágio no RIAS ajudando nas actividades do dia-a-dia do centro. Os cágado foram baptizados de "Joana" e "Susana".

Sem comentários: