O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 20 de março de 2012

Libertação: 19 de Março de 2012

Devolução à natureza de 2 cágados-mediterrânicos (Mauremys leprosa)
Quinta de Marim, Olhão


No dia 18 de Março um particular entregou-nos duas crias de cágados-mediterrânicos após as ter encontrado numa estrada perto do recinto do Parque Natural da Ria Formosa, longe de qualquer habitat húmido necessário à sua sobrevivência. As crias teriam nascido há cerca de um dia, pelo que devem-se ter desorientado por factores externos que as levaram para longe da água.

Após serem examinados pela equipa medico-veterinária verificou-se que não apresentavam nenhum tipo de lesão que afectasse a sua sobrevivência na natureza pelo que se decidiu mantê-los durante uma noite num aquário onde receberam luz UVA/UVB e alimento, dois elementos fundamentais para o seu desenvolvimento.

No dia seguinte procedeu-se à sua libertação que decorreu no lago da sede da Quinta de Marim, em pleno Parque Natural da Ria Formosa, uma vez que apresenta as condições necessárias para a sua manutenção e pela presença da espécie no local. A entrega destes animais no RIAS denota o efeito positivo do nosso apelo realizado no post do dia 7 de Março aquando se libertou uma cria de cágado-mediterrânico.


Sem comentários: